Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020

Adolescente é apreendido após violentar criança

30 agosto 2011 - 10h54Por Terra
Um adolescente de 12 anos foi apreendido em flagrante no final da noite de sábado após ter violentado um menino de 4 anos em um churrasco promovido pelo pai da vítima em Campo Grande (MS). O pai da criança havia saído para comprar carvão e deixou o menino em casa na companhia do adolescente. Ao voltar, percebeu que a criança lacrimejava e perguntou o que tinha acontecido, no entanto o menino silenciou.

Mais tarde, após o término da festa, ao dar banho no menino, o pai percebeu que ele apresentava um sangramento. Questionado novamente, a criança contou ao pai que sofreu abuso por parte do adolescente.

O pai da vítima fez o boletim de ocorrência e levou a criança para realizar o exame médico legal, que confirmou o ato. O adolescente autor da violência foi apreendido por estupro de vulnerável e encaminhado para Unidade Educacional de Internação (Unei) Novo Caminho, onde deve permanecer recolhido até o término da investigação e o início do processo judicial.

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada de atendimento à Infância e Juventude (Deaij), Maria de Lourdes Souza Cano, o adolescente foi ouvido por policiais e relatou que o ato teria sido "consensual".

"Na realidade, o menino foi ouvido no plantão, deve ser ouvido na delegacia, como a criança tem apenas 4 anos, tem todo um cuidado especial com o psicólogo. Mas o adolescente falou que o menino incentivou a pratica do estupro. (...) Como uma criança de 4 anos sabe algo sobre sexo para querer algo?", questiona a delegada indignada.

"Com apenas 12 anos, ele poderá ficar apreendido por no máximo três anos, o que o Estatuto da Criança e Adolescente prevê. Não é como um maior de idade, que pode pegar de oito a 15 anos", explica a delegada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Briga de vizinhos acaba com um morto espancado
ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em maio
INTERNACIONAL
Papa nomeia novos cardeais, entre eles o primeiro afro-americano
DETRAN
Contran revoga Resolução que interrompia prazos de serviços e divulga calendário para CNH