Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021

05 setembro 2012 - 16h10
Uol

O telefone 0800 200 4200 que atende as reclamações dos pacientes de plano de saúde registrou em menos de um mês 423 queixas, sendo que a demora para agendar consultas médicas liderou o ranking com 28%. O serviço nacional de apoio aos pacientes de plano de saúde foi lançado durante a pesquisa do Datafolha, encomendada pela Associação Paulista de Medicina (APM), e que mostrou que quase oito em cada dez usuários de plano de saúde de SP sofreram problemas com o atendimento de seus planos.

Outros reclamações que também foram citadas na pesquisa do Datafolha aparecem novamente no balanço obtido pelo 0800, como negativa de cobertura (19%), rede credenciada insuficiente (17%), reajuste abusivo (15%) e demora para autorizações de exames e internações (13%).

Segundo o balanço, há reclamações também de descredenciamento de médicos (3%), carência do plano (2%), falta de leito para internação (1%) e doenças ou lesões pré-existentes (1%).

Número

O serviço lançado pela Proteste – Associação de Consumidores em parceria com a APM (Associação Paulista de Medicina) atende reclamações de todo o Brasil e oferece esclarecimentos, além de apontar o encaminhamento para garantir os direitos dos usuários.

O serviço de orientação, que funcionará das 8h às 18 horas, de segunda a sexta-feira, é feito apenas por telefone. No entanto, caso exista a necessidade de retornar alguma informação ao paciente, a resposta é dada por e-mail no prazo de 72 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CUIDADO
Janeiro Branco e os cuidados com saúde emocional em meio a uma pandemia
SELVÍRIA
Paulista é autuado por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa
CORONAVÍRUS
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
JUSTIÇA
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas