Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020

Argentina enfrentará Brasil com Riquelme e Verón

Argentina enfrentará Brasil com Riquelme e Verón

18 agosto 2011 - 21h19Por Terra
O técnico Alejandro Sabella anunciou nesta quinta-feira a convocação da Argentina para os amistosos com a Seleção Brasileira nos dias 14 e 28 de setembro. Logo em sua primeira lista, o treinador recentemente contratado para substituir o demitido Sergio Batista apostou em dois veteranos, que há tempos não vestiam a camisa alviceleste: os meias Juan Román Riquelme e Juan Sebastián Verón.

Riquelme, 33 anos e camisa 10 do Boca Juniors, não era convocado pela Argentina desde que teve atritos com o técnico Diego Armando Maradona em 2008, no início da passagem do polêmico ex-jogador pelo comando da seleção até a Copa do Mundo. Boas apresentações pelo time portenho, como na goleada por 4 a 0 sobre o Unión no final de semana, ajudaram o habilidoso veterano a regressar ao time nacional.

A última partida de Riquelme pela Argentina havia sido na vitória me casa por 2 a 1 sobre o Uruguai, pela nona rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2010, ainda sob io comando de Alfio Basile. Com a chegada de Maradona ao cargo, o ídolo do Boca renunciou à seleção.

Já Verón era homem de confiança de Sabella no Estudiantes de La Plata, e inclusive foi campeão da Copa Libertadores da América de 2009 contando com o meia apelidado de Brujita (Bruxinha, em castelhano). Atualmente com 36 anos, o meio-campista havia composto a seleção que disputou a Copa de 2010.

Na lista argentina de Sabella, ainda destacam-se outros três jogadores conhecidos do público brasileiro: o zagueiro Sebastián Domínguez, o Sebá, que defendeu o Corinthians em 2005 e o também defensor Leandro Desábato, que em 2005 chegou a ser detido no gramado do Morumbi após supostas ofensas racistas ao atacante Grafite, então no São Paulo. Presença notada também é o zagueiro Jonathan Bottinelli, irmão do flamenguista Darío Bottinelli.

Em uma convocatória formada somente por jogadores que atuam no futebol argentino, Sabella formou a lista de 24 nomes a partir de sete clubes, sendo que apenas quatro deles concentram 20 nomes: Vélez Sarsfield, Estudiantes de La Plata, Racing de Avellaneda e Boca Juniors. San Lorenzo (com dois), Arsenal de Sarandí e Lanús (com um cada) completam a relação. O River Plate, recentemente rebaixado para a segunda divisão nacional pela primeira vez em sua história, não cedeu atletas à seleção.

O primeiro dos amistosos entre os dois grandes rivais sul-americanos será realizado na Argentina, em local ainda a ser definido, no dia 14 de setembro. Duas semanas depois, os países voltam a se enfrentar em Belém, no Pará. Mano Menezes ainda não definiu os convocados do Brasil para as partidas.

Veja a lista completa

Goleiros: Agustín Orión (Boca Juniors), Marcelo Balovero (Vélez Sarsfield)

Defensores: Sebastián Domínguez, Emiliano Papa (Vélez Sarsfield), Christian Cellay, Leandro Desábado (Estudiantes de La Plata), Clemente Rodríguez (Boca Juniors), Jonathan Bottinelli (San Lorenzo), Lisandro López (Arsenal de Sarandí), Iván Pillud (Racing)

Meio-campistas: Augusto Fernández, Héctor Canteros (Vélez Sarsfield), Rodrigo Braña, Juan Sebastián Verón (Estudiantes de La Plata), Juan Román Riquelme, Christián Chávez (Boca Juniors), Agustín Pelletieri, Lucas Castro (Racing), Diego Valeri (Lanús)

Atacantes: Juan Manuel Martínez (Vélez Sarsfield), Gastón Fernández, Mauro Boselli (Estudiantes de La Plata), Gabriel Hauche (Racing), Emmanuel Gigliotti (San Lorenzo)

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
BRASIL Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS
JUSTIÇA
Construtoras devem indenizar cliente por atraso na entrega de imóvel
COSTA RICA
Adolescente é apreendido com crack e cocaína pela Polícia Civil
POLÍTICA
Bolsonaro nomeia Kassio Nunes Marques como ministro do STF