Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020

Associação de Cabos e Soldados de MS descartam greve

08 fevereiro 2012 - 13h23Por Midiamax
A ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul) já se organiza para negociar salários e reivindicações como o Governo do Estado. Segundo o presidente da ACS, Edmar Soares da Silva, a classe já havia conversado com o governo em dezembro e ficou de marcar reunião entre este mês e início de março.

Edmar disse que descarta qualquer tipo de manifestação por parte dos praças em Mato Grosso do Sul e as negociações vão ser pacíficas.

Ainda segundo Silva a principal solicitação é melhoria salarial. Para o policial militar, o ideal seria atingir o piso nacional que está em votação de R$ 3,5 mil. Contudo, ele entende que governo e militares devem chegar a um acordo e encontrar uma soma que seja boa para os dois. A ACS espera atingir reajuste entre 30% e 40% do salário inicial que hoje é de R$ 1,950 mil.

Além do reajuste, os praças pedem por melhores condições de trabalho, mais infraestrura, regulamentação de serviços extraordinários e escala de serviço.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID
Relator no STF conclui voto a favor de que governo apresente em 30 dias plano de vacinação
LUTO NA TV
Morre aos 69 anos o jornalista Fernando Vanucci
JUSTIÇA
Concessionária de rodovia tem direito a ser ressarcida de estragos causados por motorista
ECONOMIA
Especialistas alertam sobre saques em cartões de crédito consignados