Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020

Bianca Salgueiro, a Carolina da novela, estudou nos intervalos de gravação.

A atriz passou em quatro vestibulares para cursar engenharia.

24 janeiro 2012 - 14h40
G1

A atriz Bianca Salgueiro, de 18 anos, vai muito além na vida real do que sua personagem Carolina, da novela "Fina estampa", quando o assunto é estudar. Enquanto Carolina lidera grupos de estudos com os amigos na ficção, Bianca faz ainda mais: ela foi a primeira colocada na classificação geral do vestibular da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) de 2012. A atriz prestou vestibular para engenharia química e teve o melhor desempenho entre mais de 45 mil candidatos. E não foi só isso: estudando nos intervalos das gravações, Bianca passou ainda na UFRJ, PUC-Rio e aguarda a convocação na UFF.

A estudante conferiu o resultado na última quinta-feira (19), mas no início não acreditou no que viu. "Eu não sabia se era [primeiro lugar] por área ou geral. Entrei em contato com o colégio pedindo para me explicarem, aí confirmaram", contou a jovem ao G1. Bianca disse que precisou reler o e-mail de confirmação várias vezes para acreditar na notícia.

"Fiquei sem palavras, fiquei muito feliz, depois de um ano tão difícil", disse a atriz. Segundo a assessoria de imprensa da Uerj, a pontuação final de Bianca foi 96,75 (o máximo possível era 100), a nota mais alta entre as quase 45 mil pessoas inscritas no processo.

A vestibulanda, que afirmou ser muito mais estudiosa e tranquila do que a agitada Carolina, também disse ter sido aprovada em todos os outros vestibulares que prestou: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) - sua média no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ficou na casa dos 800 (de no máximo 1.000).


Embora a Universidade Federal Fluminense (UFF) ainda não tenha divulgado a classificação final, a atriz afirmou estar confiante, por causa das notas que já foram divulgadas.

O destino da garota, porém, não será uma universidade públicas. "Meu objetivo era passar na PUC com bolsa integral de estudos", contou Bianca, que foi a 10ª colocada e, por isso, recebeu a bolsa.

Segundo ela, a opção foi feita porque a PUC, além de ser "muito conceituada e ter nome muito forte no mercado", também oferece o curso de engenharia em meio período. "As federais, pelo menos no início, têm turno integral, e com turno integral ficaria praticamente impossível para conciliar a faculdade com a carreira de atriz, que é minha prioridade."

Além da paixão pela dramaturgia, Bianca também nutre o gosto pelos livros. Apesar de ter se inscrito em engenharia química, a atriz afirmou que pretende se especializar em engenharia de produção, para ter noções de economia e administração e, no futuro, montar seu próprio negócio, como um restaurante, para poder ser empresária autônoma sem precisar largar a profissão de atriz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Mato Grosso do Sul brilha no Brasileiro de Canoagem Maratona e conquista 16 medalhas
PGE
Adesão de advogados é imprescindível para sucesso do Acordo Direto em precatórios
BOLETIM COVID
De cada 100 testes de Covid em MS metade tem dado positivo
SAÚDE
Butantan anuncia que testes da CoronaVac chegaram à fase final