Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020

Bloqueio de celular pode ajudar a reduzir roubos, diz polícia em MS

24 julho 2011 - 10h09Por Fonte: G1
Em Mato Grosso do Sul o número de aparelhos celulares supera o de habitantes. Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), são três milhões de aparelhos para população de 2,4 milhões de pessoas. O celular é um dos principais alvos de roubo, mas existe uma forma de tentar reduzir estas ocorrências.

A pastora Elaine Santana da Silva conta que três jovens do bairro em que mora foram assaltos por homens armados, que levaram celulares, carteiras e correntes. Em Corumbá, somente este ano, foram registradas 400 ocorrências de roubo ou furto. Em 2010, foram mais de 700 casos, número que preocupa a população. Nas ruas, é possível ver vários flagrantes de desatenção, o que torna o crime mais frequente.

Os roubos de celulares podem ter consequências mais graves que a perda do aparelho. Em setembro do ano passado, a estudante Aline Quiantareto, 16 anos, morreu durante assalto em Corumbá. Ela foi roubada por dois homens e, mesmo depois de entregar o aparelho, um deles atirou na jovem. Preso, um dos envolvidos, disse que trocou o celular por drogas.

Segundo a Polícia Civil, é comum encontrar grande quantidade de celulares nas bocas de fumo.Os aparelhos também podem ser levados para dentro do presídio, sendo utilizado na comunicação entre traficantes. Por isso, o delegado Enilton Zanalla orienta que é indispensável o registro do boletim de ocorrência. “Se você fizer se garante civil e criminalmente, para se eximir de qualquer responsabilidade pelo uso daquele aparelho”.

O que muita gente não sabe é que é possível evitar que um celular roubado seja usado na prática de outros crimes, como por exemplo, financiar o tráfico de drogas. Cada aparelho tem um número de série diferente, chamado de Imei, a identificação internacional de equipamento móvel. Por meio desta numeração é possível bloquear as funções principais do celular.

Para conseguir esse número é simples. Basta digitar o código *#06# . Automaticamente a sequência vai aparecer na tela do celular. O mesmo código também pode ser encontrado na caixa do aparelho e no interior do telefone. O delegado explica que este número, juntamente com o número do celular, deve ser repassado à operadora. “Este aparelho será bloqueado e perde o valor econômico; não fazendo ligação, não tem valor e não será objeto de roubos e furtos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SERVIDOR
Governador anuncia promoção de 3,7 mil servidores civis e militares
ECONOMIA
Sancionada lei de incentivos fiscais para montadoras de veículos
POLÍTICA
Mourão diz que posição do governo não é por uma Constituinte
ECONOMIA
Governo pretende economizar R$ 97 milhões com licitação centralizada