Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Cachoeira negociou mansão em Miami e avião, segundo PF

23 abril 2012 - 10h03Por UOL
Mansão nos EUA, casa de luxo em Goiânia e um avião. Esses são alguns dos bens que o empresário de jogos clandestinos Carlinhos Cachoeira negociou, segundo conversas captadas pela Polícia Federal.

As gravações, obtidas pela Folha, revelam o padrão de vida de Cachoeira. Em um só dia (21 de junho de 2011), Cachoeira discute a compra de uma mansão em Miami (EUA) de US$ 1,5 milhão (R$ 2,8 milhões) e de um avião de US$ 600 mil (R$ 1,1 milhão).

Ao ouvir o preço da casa, com seis quartos e cinco banheiros, não hesita. "Liga lá [para o proprietário]. Vamos fazer uma oferta", afirma. Ele recomenda à corretora que a casa tenha acesso à baía, como em outra mansão pertencente ao dono de um laboratório que ele conhece.

Ao negociar o avião, Cachoeira se surpreende com o baixo valor (US$ 600 mil). "O que tem esse avião? Pegou fogo nele? Perda total?"

Informado sobre o modelo, de 1989, pergunta ao vendedor qual é o ano do jato de um vizinho seu, para comparar as aeronaves.

As investigações da PF indicam que uma casa de luxo em Goiânia (GO), comprada por R$ 2,2 milhões, foi em parte paga com dinheiro da empresa Alberto e Pantoja. Segundo a PF, a Pantoja é uma empresa fantasma que recebe 99% de seus recursos da Delta Construção, que tem bilhões em contratos com órgãos públicos.

Nos grampos, Cachoeira negocia um apartamento de R$ 3,5 milhões em Goiânia que seria para Cláudio Abreu, ex-diretor da Delta na região.

Ainda segundo as gravações, Cachoeira gastou R$ 33 mil na reforma de sua casa em Goiânia, sendo R$ 16 mil apenas com a pintura.

Também não são raras as conversas em que o empresário, preso desde o final de fevereiro, determina a compra de carros de luxo, além de pagamentos e depósitos de altos valores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Governo retira limite para financiar projetos de telecomunicações
PARANAÍBA
Foragido da justiça é preso pela Polícia Militar quando realizava direção perigosa
SANTA RITA DO PARDO
Suspeito de tráfico de drogas é preso pela Polícia Civil
ESPORTES
Japão enfrenta obstáculos para vacinar a tempo da Olimpíada