Menu
Busca sexta, 27 de novembro de 2020

Cachorro com bafo pode ser sinal de doença

Cachorro com bafo pode ser sinal de doença

14 outubro 2011 - 15h50
R7

Cuidar de um cachorro vai além de dar carinho, atenção, comida e água. É preciso que o dono do animal saiba que a saúde do seu companheiro é muito importante e que a prevenção, como nos humanos, é essencial e evitam problemas.

O dentista veterinário e sócio-proprietário do DentistaVet Marco Antonio Leon-Roman conversou com o R7 e explicou que o mau hálito é o primeiro sinal de que a saúde bucal do pet não vai bem.

Em pequenas raças de cães, a primeira visita deve acontecer aos nove meses, devido a retenção de dentes-de-leite. A partir dos dois anos de idade, por exemplo, já existe acúmulo de tártaro, e Leon faz um alerta.

- É errado esperar e ‘deixar juntar mais’ [tártaro] para o tratamento. O proprietário deve procurar imediatamente um especialista.

Jonathan Ferreira, dentista veterinário do Stock Dog e Provet, diz que a prevenção é a melhor saída e a primeira forma de fazer isso é a escovação e depois o acompanhamento com um profissional da área.

Leon ainda destaca que a prevenção pode evitar doenças nos rins, fígado, coração e articulações. E, que infelizmente, muitos proprietários não sabem que a saúde oral de seus animais é importante.

- Seria muito bom diminuir esse número, conscientizando sobre a higiene oral.

Porém, Jonathan explica o motivo do cuidado maior por parte dos donos com os seus companheiros.

- A saúde do pet está tão importante quanto a dos proprietários. Ele é cada vez mais um membro da família.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLÊNCIA NA FRONTEIRA
Corpos de três brasileiros e um paraguaio são encontrados com sinais de tortura na fronteira
NOTÍCIAS
Saiba como solicitar antecipação de julgamento e sustentação oral em sessões do TJMS
DETRAN-MS
Ponta Porã recebe sistema para pagamento de guias com cartões de débito
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$ 3,56 bilhões em outubro