Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Câmara vota cassação de prefeito acusado de abuso sexual contra crianças

14 setembro 2011 - 22h37Por 24 Horas
Vem sendo julgada desde ontem,a cassação do prefeito afastado de Dom Aquino,Mato Grosso, Eduardo Zeferino (PR), pela Câmara de Vereadores. Ele é suspeito de abusar sexualmente de crianças entre 7 e 11 anos e ficou quase um mês sob prisão preventiva no Presidio Pascoal Ramos em Cuiabá. O relatório da Comissão Processante, presidida por Sérgio Ramos (PR) e relatada por Adelson Martins Coimbra (PHS), recomenda a cassação do mandato.

O trabalho da comissão durou 85 dias, e como o caso já havia sido investigado pela Polícia, os vereadores preferiram ouvir apenas as testemunhas e os familiares das vítimas. A Câmara de Don Aquino é composta por 9 vereadores e para cassar Zeferino são necessário 6 votos.

O presidente da Câmara é contra a cassação do prefeito, pois afirma que até hoje não há provas concretas sobre os abusos sexuais.

Durante o período em que Zeferino esteve preso, a Câmara de Vereadores realizou uma votação e definiu o afastamento do prefeito. "Até hoje eles estão baseados em boca-a-boca. Não há nenhum documento, vídeo ou fotos que comprovem a denuncia", disse Osvaldir.

O presidente do Legslativo afirma ainda que há perseguições pessoais entre alguns vereadores e Zeferino. "Acredito que há outros vereadores que pensam igual a mim, devido a isto Zeferino não será cassado" - disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
MS chega a 30.707 casos de Covid e secretário faz apelo no Dia dos Pais: 'Tem várias formas de homenagear'
TELEVISÃO
Chica Xavier, atriz de 'Sinhá Moça' e 'Renascer', morre aos 88 anos
ESPORTES
Agência Brasil oferece novidade para amantes de esportes
GERAL
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões