Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Cantora mato-grossense desaparece em Campo Grande

Cantora mato-grossense desaparece em Campo Grande

17 maio 2012 - 13h30
Midiamax


A cantora Liz, que tem nome de registro como Elizange Eugênio da Silva, está desaparecida desde o dia 26 de abril deste ano, conforme registrou na delegacia seu conivente, Waner Gonçalves. A mato-grossense estava em Campo Grande há um ano e já estava bastante conhecida por vender seu CD no corpo a corpo.

Segundo Waner, Liz saiu do hotel que os dois estavam morando dizendo que iria vender CD´s e não retornou mais. De acordo com ele, no mesmo dia os dois discutiram porque estavam com quatro diárias do hotel atrasadas e a dona do estabelecimento ameaçou despejá-los. Ele teria saído para vender seu trabalho musical para tentar apurar o valor do débito.

“Ela puxou para si a responsabilidade das contas. Como fomos ameaçados de despejo, eu dei um aperto nela. Ela ficou quieta, sentou, ficou uns minutos e disse que ia vender os CD´s para quitar a dívida”, conta Waner. De acordo com o conivente da cantora, depois disto nunca mais teve notícias dela.

De acordo com Waner, ele é campo-grandense e Liz mato-grossense. Os dois se conheceram no estado de origem dela. De lá para cá, como marido e mulher, viajaram por vários estados em um Opala vendendo e divulgando o trabalho artístico dela. “Fizemos estados do nordeste, Minas Gerais, entramos por três Lagoas e há um ano estamos em Campo Grande”, diz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
SAÚDE
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países
POLÍTICA
Governo federal diz que não se envolve em compras privadas de vacina
ECONOMIA
Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve