Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020

CBAt emite documento para atestar regularidade da 3ª edição da Volta das Nações

CBAt emite documento para atestar regularidade da 3ª edição da Volta das Nações

29 setembro 2011 - 09h43Por Assessoria
A CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) emitiu nesta semana o “Permit”, garantindo ao Sesi a realização da Meia-Maratona do Pantanal Volta das Nações 2011, no próximo dia 9 de outubro em Campo Grande (MS), em parceria com a TV Morena. O documento, conforme o diretor da competição, Marcelo Moraes, reconhece o cumprimento das exigências feitas pela CBAt e pela IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo) para a realização do maior evento de atletismo de Mato Grosso do Sul e um dos maiores do País.

Ele explica que o Permit da CBAt precisa ser emitido todos anos para competições oficiais como forma de atestar a regularidade do evento esportivo. “O documento é emitido para a realização das provas internacionais, denominadas categoria 1, como é o caso da meia-maratona de 21 km. A demais provas – corrida de 10 km e caminhada de 7 km – são realizadas para incentivar a população e iniciar a prática da corrida, visando futura participação na prova oficial”, detalhou.

Neste ano a Volta das Nações vai contar com a participação de 15 mil pessoas distribuídas nas três provas – 21 km, 10 km e 7 km. A exemplo das edições anteriores, a competição também terá as presenças de diversos estrangeiros, como os quenianos Joshua Kiprugut Kemei e Eunice Jepkirui Kirwa, que venceram a meia-maratona em 2010 nas categorias masculino e feminino, além dos atletas Mark Korir (Quênia), Tesfaye Debele Gudeta (Etiópia), Marco Joseph (Tanzânia) e Juan Adolfo Carvalho Meza (Paraguai) e das atletas Dorcas Jepchirchir Kiptarus (Quênia), Ednah Mukhwana (Quênia) e Anastazia Msandai Mhomi Ghamaa (Tanzânia).

Premiação

Na edição deste ano, além do sorteio do Fiat Uno Economy, duas portas, 1.0 Flex, de cor preta, ano 2011, modelo 2012, entre todos os participantes das três provas que concluírem os respectivos percursos e aguardarem a premiação, a Volta das Nações vai distribuir R$ 84,7 mil em dinheiro para os cinco primeiros colocados da meia-maratona nas categorias geral masculino e feminino e indústria masculino e feminino, bem como para os três primeiros colocados da meia-maratona nas categorias cadeirante e deficiente visual masculino e feminino. Além disso, eles também vão receber troféus, assim com os cinco primeiros da categoria geral masculino e feminino da corrida de 10 km.

O 1º lugar no geral masculino e feminino da meia-maratona vai receber R$ 12 mil, o 2º lugar ganhará R$ 6 mil, o 3º lugar receberá R$ 3,6 mil, o 4º lugar terá prêmio de R$ 2,4 mil e o 5º lugar ganhará R$ 1,2 mil, enquanto na categoria indústria masculino e feminino o 1º lugar receberá prêmio de R$ 3,6 mil, o 2º lugar ganhará R$ 3 mil, o 3º lugar vai receber R$ 2,4 mil, o 4º terá direito a R$ 2 mil e o 5º receberá R$ 1,8 mil e, nas categorias cadeirante e deficiente visual masculino e feminino, o 1º lugar fica com R$ 840,00, o 2º com R$ 720,00 e o 3º com R$ 600,00, sendo que os primeiros colocados na categoria geral masculino e feminino da corrida de 10 km não terão direito a prêmio em dinheiro.

Os horários das largadas da edição deste ano da Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações foram alterados com relação ao evento do ano passado. A primeira largada será às 7h30 para os atletas das categorias cadeirante e deficiente visual masculina e feminina, enquanto às 7h45 será dada a largada para os atletas das categorias elite e indústria feminina e às 8 horas será dada a largada para os atletas das categorias elite masculina, indústria masculina, geral masculina e feminina (21 km e 10 km) e caminhada masculina e feminina (7 km), respeitando-se a distância de 30 a 50 metros entre cada uma das categorias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTINUA AFASTADA
STF nega recurso para suspender afastamento de desembargadora suspeita de ajudar filho preso em MS
AGRONEGÓCIO
Conselho do FCO aprova mais R$ 185 milhões em financiamentos, com destaque à suinocultura
NOTÍCIAS
Decretada prisão preventiva de acusado de cárcere privado
POLÍTICA
Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos a votar em novembro