Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020

Delcídio anuncia estudos para duplicar a BR 163

Delcídio anuncia estudos para duplicar a BR 163

06 dezembro 2011 - 10h26Por Assessoria
O Ministério dos Transportes vai desenvolver estudos para a duplicação da rodovia BR 163, a mais perigosa de Mato Grosso do Sul. O compromisso foi assumido pelo Ministro Paulo Sérgio, durante audiência concedida ao senador Delcídio do Amaral (PT/MS).

“Mostramos a necessidade urgente de implantar a mão dupla ao longo de toda a extensão da BR 163. São aproximadamente 850 km de tráfego intenso, dia e noite, com elevado numero de acidentes e mortes. Em alguns trechos ela já está duplicada, como no entorno de Campo Grande e no acesso a Dourados, mas é preciso fazer mais, porque essa é uma estrada fundamental para o escoamento da produção não só de Mato Grosso do Sul mas também do vizinho Mato Grosso e dos estados da Região Norte. O Ministério vai alocar recursos para os estudos e, posteriormente, vamos lutar para garantir o dinheiro necessário a realização das obras”, revelou Delcídio.

Durante o encontro em Brasília, o senador tratou também de outros temas de interesse do estado no setor de transportes, entre eles o contorno rodoviário de Nova Andradina.“São necessários R$ 2,3 milhões para concluir a obra e esperamos liberar isso ao longo desse mês de dezembro para que o DNIT dê seqüência aos serviços”, disse.

Delcídio conversou também com o ministro sobre o contorno rodoviário de Campo Grande.

“O tráfego entre o Centro da capital e os bairros localizados ao longo da BR 163, na saída para São Paulo, aumenta a cada ano, em função do desenvolvimento da região. Discutimos a construção de um anel que desvie os motoristas que estão apenas de passagem por Campo Grande, o que traria mais segurança aos moradores e fluidez ao trânsito. A idéia é incluir no Orçamento da União de 2012 recursos para iniciar as obras”, detalhou.

O senador tratou também de outros dois trechos rodoviários e uma ferrovia.

“Vai ser celebrado um convênio entre o DNIT e o governo do Estado para que se faça o projeto de pavimentação da BR 419 , no trecho entre Aquidauana e Rio Verde, em um total de 233 km. No final da reunião, o ministro me pediu apoio para a aprovação dos Projetos-de-Lei 031/2011 e 048/2011, que definem recursos (R$ 8 milhões) para o contorno ferroviário de Três Lagoas e o anel viário de Aparecida do Taboado (R$ 13 milhões). É claro que vamos batalhar pela aprovação porque eles representam mais desenvolvimento não só para essas regiões mas para todo o Mato Grosso do Sul”, garantiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ORDEM DO DIA
Norma para a construção de quadras poliesportivas segue para sanção
BRASIL
INSS permite remarcação de perícia médica por meio da Central 135
MEIO AMBIENTE
Semagro apoia força-tarefa que investiga número de animais mortos no Pantanal
CIDADES
Em dia de protesto, loja na fronteira anuncia fechamento e demite 700