Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Delcídio anuncia liberação de R$ 4,3 milhões para 17 municípios de MS

23 maio 2012 - 17h35Por Assessoria
O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) anunciou nesta quarta-feira a liberação de R$ 4.252.432,85, entre recursos de emenda individual nos ministérios da Integração Nacional, das Cidades, do Turismo e dos Esportes, e da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde), referente ao PAC II (Programa de Aceleração do Crescimento) para atender as prefeituras de 17 municípios de Mato Grosso do Sul.

“São recursos importantes, que estão sendo aplicados em obras de infraestrutura urbana, como pavimentação e drenagem de ruas, construção de praça pública, melhorias sanitárias domicialiares, revitalização de estádio municipal de futebol, e construção e reforma de terminal rodoviária municipal, buscando sempre criar condições para melhorar a qualidade de vida das pessoas. O dinheiro referente ao PAC II já está na conta das prefeituras e do Governo do Estado, que estão em fase de licitação das obras. É o Governo Federal cumprindo os compromissos assumidos com a classe política e a população de Mato Grosso do Sul”, comentou o senador.

Do total anunciado, só as emendas individuais do parlamentar somam R$ 1.635.675,75 e quitam compromissos em 12 municípios: São Gabriel do Oeste (R$ 200.572,00), Porto Murtinho (R$ 177.585,31), Aquidauana (R$ 71.008,44); Aral Moreira (R$ 123.768,00; Caarapó (R$ 132.678,00; Corguinho (R$ 41.254,20); Ivinhema (R$ 104.013,00); Pedro Gomes (R$ 71.460,65); Dourados (R$ 49.478,76); Campo Grande (R$ 9.753,58); Rio Verde de MT (R$ 218 mil); Nioaque (R$ 250 mil referente a primeira parcela de uma emenda de R$ 500 mil para a reforma do Terminal Rodoviário Municipal) e Maracajú (R$ 185.861,82).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde atualiza plano de vacinação com novas categorias na prioridade
BATAGUASSU
Polícia Militar apreende mercadorias descaminhadas
IMUNIZAÇÃO
Vacinas já distribuídas atendem cerca de 10% dos públicos prioritários
BRASIL
Justiça lança projeto-piloto para redução da oferta de drogas ilícitas