Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020

Delegacia Virtual registrou 2 mil atendimentos em dezembro

Delegacia Virtual registrou 2 mil atendimentos em dezembro

12 janeiro 2012 - 14h00Por Correio do Estado
Os atendimentos registrados no mês de dezembro pela Delegacia Virtual de Mato Grosso do Sul (Devir) de acordo com boletim anual divulgado ontem (12), pela Secretaria de Justiça e Segurança Publica (Sejusp), foram os mais altos do ano de 2011. O balanço aponta 1.973 notificações de furto simples, extravio e desaparecimento.

O levantamento registra uma média diária de 64 atendimentos, sendo 118 notificações de furtos simples, 1.855 de extravio e quatro desaparecimentos. De acordo com o investigador Adilson Costa, supervisor da Delegacia Virtual, o aumento se deve ao intenso movimento da população durante as compras de fim de ano. Além disso, dois fatores contribuíram para ampliação da procura dos atendimentos online realizados pela Devir.

“Neste período as pessoas ficam mais displicentes e os crimes sazonais aumentam, é quando ocorrem mais incidências de perdas, extravios e furtos de documentos e celulares. Outro fator é a popularidade da ferramenta e dos serviços oferecidos pela Delegacia Virtual, cada dia mais próximo à população”, detalha o investigador.

Balanço

Em 2011 foram registrados pela Delegacia Virtual 21.511 notificações de furto simples, extravio e desaparecimento. O serviço mais procurado pelo atendimento online foram os boletins de ocorrência de extravio, um total de 20.169 ocorrências, uma média de 1.681 registros mensais, o que representa 94% de todos os casos notificados na Devir. Os casos de furto simples somam 1.308, com média mensal de 109 notificações e 34 desaparecimentos, o que corresponde a três boletins ao mês.

De acordo com o supervisor da Delegacia Virtual, os extravios mais comuns são: carteira de identidade, carteira de habilitação e de trabalho, documentos de veículos, celulares e cartões. Adilson lembra a população da importância do registro do boletim de ocorrência. “Ao extraviar qualquer documento o cidadão pode fazer a ocorrência em uma das 125 delegacias ou através da Delegacia Virtual, que é mais prático e mais rápido, evitando assim que alguém utilize o documento extraviado indevidamente”, explica o supervisor.

Levantamentos realizados recentemente apontam entre as ocorrências de 2007 a 2010 que 60% dos registros são furtos simples de celular e 40% de documentos públicos (identidades, carteiras de trabalho e outros). Adilson faz um alerta à população na hora de registrar o boletim na Devir.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF
CAARAPÓ
Policiais civis prendem jovem e comparsa suspeitos de tráfico de drogas
ECONOMIA
Febraban prevê que carteira de crédito deve subir 11,6% em agosto
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Batayporã prende e autua quatro em R$ 8,4 mil por pesca predatória e apreende 139 kg de pescado, dois barcos, dois motores e petrechos