Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020

Detran/MS descredencia autoescola por fraude em prova de analfabetos

Detran/MS descredencia autoescola por fraude em prova de analfabetos

16 fevereiro 2012 - 10h47Por G1
Uma autoescola da cidade de Aparecida do Taboado, distante 467 km de Campo Grande, foi descredenciada pelo Departamento de Trânsito (Detran) de Mato Grosso do Sul, após a descoberta de um esquema de fraude na execução de exames teóricos durante o processo da emissão de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). De acordo com o Detran/MS, o proprietário do estabelecimento também foi descredenciado por dois anos.

Segundo o departamento, o caso aconteceu em 2010, mas a decisão sobre o processo que determinou o descredenciamento foi publicada no Diário Oficial do estado na quarta-feira (15). O proprietário é suspeito de pagar para que outras pessoas realizassem o exame teórico no lugar de alguns dos alunos, que eram analfabetos.

Conforme o delegado Messias Pires dos Santos Filho, do município de Selvíria, onde o golpe também era aplicado, na época da descoberta da fraude, o homem que fazia as provas no lugar de um aluno analfabeto foi preso e indiciado por falsidade ideológica, falsificação de documento particular e uso de documento falso.

“Dois aplicadores de prova também foram indiciados na época. Nossa investigação constatou que na noite anterior o dono da autoescola pagou um jantar e ofereceu hospedagem para eles. No dia, o proprietário fugiu, só conseguimos prender o homem que fazia as provas”, afirmou o delegado.

Atualmente, segundo ele, os suspeitos de envolvimento respondem ao processo em liberdade.

De acordo com a corregedora do Detran/MS, Aline Lopes, esse caso não tem nenhuma relação com os casos de fraude da Operação Sinal Vermelho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Termina às 23h59 o prazo para inscrições no ProUni
NOVA ANDRADINA
Cerca de 810 kg de drogas são incinerados pela Polícia Civil
LEGISLATIVO
Celulares apreendidos em presídios poderão ser destinados à Rede Estadual de Ensino
POLÍTICA
Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia