Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021

Em MS, médicos pedem demissão de hospital por sobrecarga de trabalho

Em MS, médicos pedem demissão de hospital por sobrecarga de trabalho

11 novembro 2011 - 16h10
G1 MS

A partir da próxima semana, a Santa Casa de Campo Grande pode ficar sem três ortopedistas no quadro médico. Eles cumprem aviso prévio e, segundo o sindicato, pediram demissão pela sobrecarga de trabalho.

A ortopedia é o setor de maior demanda do hospital. Das 1.347 cirurgias realizadas em outubro, 736 foram na área. A maioria das vítimas é de acidentes de motocicleta.

Segundo o sindicato dos médicos, os ortopedistas reclamam de falta de recursos para atender pacientes e dizem não suportar a demanda de trabalho no pronto-socorro. Dos 36 profissionais que atuam no setor, três pediram demissão e estão cumprindo aviso prévio.

A junta administrativa da Santa Casa prevê a contratação de dez novos ortopedistas, por meio de concurso, e ainda a ampliação do número de salas cirúrgicas. O edital para a contratação deve ser lançado na próxima semana.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça-feira
JUSTIÇA
Fachin manda juiz analisar recurso de Lula contra provas da Odebrecht
ECONOMIA
Arrecadação de impostos em janeiro somou R$ 180,221 bilhões
BATAYPORÃ
PMA autua paulista por erosões causando degradação de áreas protegidas em sua propriedade