Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020

Empresa infringe norma e usa van em vez de ônibus para transportar servidores

31 outubro 2011 - 21h03Por Capital News
A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) de Mato Grosso do Sul contratou uma empresa para fazer o transporte dos servidores da Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa de Dourados, porém não está cumprindo contrato o que pode prejudicar a prestação de serviço conforme denuncia feita ao CapitalNews por um empresário do setor que pediu para não ser identificado.

Conforme a denúncia a empresa Ulisses Pereira de Alencar-ME também conhecida por Monte Sião Transportes foi a vencedora do processo número 31/600.460/2011 de licitação através de pregão eletrônico realizado no dia 13 de setembro de 2011 pela Agepen.

Pelo contrato de um ano a empresa Monte Sião receberia o valor global de R$ 48.948,00 devendo fornecer um ônibus com ano de fabricação acima de 2001 e com capacidade para 44 passageiros.
Acontece que a empresa não colocou um ônibus para atender os servidores da penitenciária e sim uma Van que tem capacidade de transportar apenas quinze passageiros conforme o empresário que apresentou a denuncia.

Conforme reza o contrato a empresa vencedora da licitação além de colocar em circulação um ônibus semi-novo para que possa transportar no mínimo 44 passageiros deve cumprir um itinerário com saída às 07h15 na Praça Antonio João no centro da cidade com destino a penitenciária numa distância de 15 km com três paradas no Terminal Rodoviária, no Ubiratan Esporte Clube e na rotatória do Monumento ao Colono.

O retorno da viagem deve ser feito diariamente às 08h passando pelos mesmos locais até chegar à Praça Antonio João.

Conforme a cláusula décima terceira do contrato o descumprimento por não colocar o ônibus adequado a empresa vencedora da licitação poderá sofre sanção administrativa “pela inexecução total ou parcial das obrigações assumidas”, multa, suspensão temporária, advertência entre outras.

Outro lado

O empresário Ulisses Pereira de Alencar proprietário da empresa Monte Sião afirmou que o contrato está sendo cumprido à risca e que não existe nenhuma irregularidade no processo.

Ulisses explicou existindo demanda um ônibus grande é colocado para transportar os funcionários da penitenciária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Governo apresentará meta de déficit para 2021, diz Guedes
NESTA SEXTA-FEIRA
Práticas da Agepen serão apresentadas no IV Seminário sobre trabalho prisional do Depen
NOTÍCIAS
Coordenadoria da Mulher capacita efetivo da PM de municípios do interior
ECONOMIA
Agropecuária cai no trimestre, mas mantém influência positiva no PIB