Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020

Entidade elogia queda de juros e defende redução gradativa da Selic

Entidade elogia queda de juros e defende redução gradativa da Selic

01 setembro 2011 - 10h06Por Assessoria
O presidente da Fiems, Sérgio Longen, elogiou a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de baixar os juros básicos da economia brasileira de 12,5% para 12% ao ano e defendeu a manutenção dessa política nas próximas reuniões do órgão. “Acredito que seja o início de um processo de redução gradativa da taxa básica de juros em prol do desenvolvimento do País”, avaliou.

Sérgio Longen lembra que o Governo Federal tinha optado por elevar sistematicamente os juros para frear o consumo e, assim, impedir a volta da inflação, mas, em meio às turbulências nos mercados internacionais, fruto da nova etapa da crise financeira, agora sinaliza que pretende retomar o crescimento econômico. “Trata-se de uma decisão acertada e no momento adequado, só esperamos que ela prossiga”, disse.

Ele ainda acrescenta que a redução da taxa Selic é um importante passo para enfrentar as dificuldades que a economia brasileira começa a sentir com a nova fase da crise mundial. Para o presidente da Fiems, o Brasil tem demanda interna e, caso mantenha os juros elevados, acaba retraindo o consumo e trazendo os efeitos da crise internacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Mulher que teve terreno retomado pelo Município será indenizada
CRIME AMBIENTAL
Empresa sucroenergética de Rio Brilhante é autuada em R$ 186 mil por incêndio em sua lavoura de cana no município de Sidrolândia
CAPITAL
Aluna aprovada no vestibular tem direito a certificado de ensino médio
ECONOMIA
STF aprova proposta orçamentária para 2021 de R$ 712 milhões