Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020

Entidade elogia queda de juros e defende redução gradativa da Selic

Entidade elogia queda de juros e defende redução gradativa da Selic

01 setembro 2011 - 10h06Por Assessoria
O presidente da Fiems, Sérgio Longen, elogiou a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de baixar os juros básicos da economia brasileira de 12,5% para 12% ao ano e defendeu a manutenção dessa política nas próximas reuniões do órgão. “Acredito que seja o início de um processo de redução gradativa da taxa básica de juros em prol do desenvolvimento do País”, avaliou.

Sérgio Longen lembra que o Governo Federal tinha optado por elevar sistematicamente os juros para frear o consumo e, assim, impedir a volta da inflação, mas, em meio às turbulências nos mercados internacionais, fruto da nova etapa da crise financeira, agora sinaliza que pretende retomar o crescimento econômico. “Trata-se de uma decisão acertada e no momento adequado, só esperamos que ela prossiga”, disse.

Ele ainda acrescenta que a redução da taxa Selic é um importante passo para enfrentar as dificuldades que a economia brasileira começa a sentir com a nova fase da crise mundial. Para o presidente da Fiems, o Brasil tem demanda interna e, caso mantenha os juros elevados, acaba retraindo o consumo e trazendo os efeitos da crise internacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARAL MOREIRA
Homem é encontrado carbonizado e com marcas de tiros no corpo
Motocicleta com placas do Paraguai também foi queimada
IGUATEMI
Homem morre vítima de tiro acidental na cabeça durante pescaria
Jair Ruzzene, de 56 anos, se apoiou em cano de espingarda quando arma disparou e o atingiu
MARACAJU
Veículo com quase meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF
ECONOMIA
Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial do FGTS