Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021

Escola estadual de Corumbá tem a pior nota de MS no Enem 2010

12 setembro 2011 - 14h50
Escola estadual de Corumbá tem a pior nota de MS no Enem 2010

G1 MS

A Escola Estadual Octacílio Faustino da Silva, de Corumbá, cidade a 444 quilômetros de Campo Grande, obteve a nota mais baixa entre as escolas de Mato Grosso do Sul com mais de 75% de participação de alunos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) nesta segunda-feira (12). O G1 entrou em contato com a Secretaria Estadual de Educação para comentar o desempenho, mas até o fechamento da reportagem não obteve retorno.

O Ministério da Educação mudou o critério de divulgação das notas por escola do Enem. Foram criadas quatro categorias de acordo com a porcentagem de participação no Enem 2010:

Grupo 1: de 75% a 100% (17,8% das escolas)
Grupo 2: de 50% a 74,9% (20,9% das escolas)
Grupo 3: de 25% a 49,9% (33% das escolas)
Grupo 4: de 2% a 24,9% (27,4% das escolas)

A escola pública Octacílio Faustino da Silva alcançou 500,77 pontos, com índice de participação de 75,4% dos alunos que concluíam o ensino médio. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009 havia 11 escolas públicas e seis particulares de ensino médio em funcionamento na cidade.

Entre as dez piores notas do Enem em Mato Grosso do Sul, oito foram obtidas por escolas da rede pública e duas por escolas particulares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Com ampliação de leitos de UTI's no Estado, Saúde divulga novo mapa hospitalar
MS
Menos Brasília, mais Brasil: para planejamento da Senasp passa por demandas da segurança pública
SAÚDE
Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado
ELEIÇÕES 2020
TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020