Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020

Escolas que cobram matrículas devem ser denunciadas ao Procon

Escolas que cobram matrículas devem ser denunciadas ao Procon

03 janeiro 2012 - 15h02Por Assessoria
Os pais ou responsáveis por alunos matriculados ou que ainda não fizeram a matrícula para o ano letivo de 2012, nas instituições de ensino (escolas, faculdades e universidades), devem ficar atentos para a cobrança das mensalidades para este ano. Antes de efetuarem a matrícula, é preciso avaliar o que está sendo cobrado.

O superintendente do Procon/MS, Lamartine Ribeiro, adverte à população sobre a irregularidade da cobrança de taxa de matrícula, que é proibida no Brasil. Segundo ele quem já realizou a matrícula deve ficar atento. “Procure saber qual o valor anual pago, referente à série que o aluno vai cursar, pois este valor deve estar embutido no preço total da educação referente àquele ano”.

De acordo com Lamartine o consumidor deve saber em quantas mensalidades a instituição dividirá o valor do serviço e a matrícula deve corresponder a uma destas mensalidades. “Qualquer valor a mais, deve ser denunciado”, completa o superintendente do órgão.

Lista de materiais

Outro ponto importante a ser destacado é a lista de materiais. As instituições não podem estabelecer a compra de materiais que não sejam para uso didático. “O colégio não pode colocar na lista produtos como detergente e papel higiênico, por exemplo, se eles não estiverem dentro de um contexto pedagógico, e forem utilizados para outros fins”, completa o superintendente.

Inadimplência

De acordo com Lamartine é importante lembrar que as escolas podem recusar matrícula ou rematricula caso o alunos esteja inadimplente. “É proibido durante a prestação do serviço, criar qualquer meio para forçar o pagamento de mensalidades em atraso, proibindo o aluno, que não está em dia com as mensalidades, de fazer prova”.

Para mais informações o consumidor pode acessar o site do Procon, www.procon.ms.gov.br ou ligar no número 151.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$ 3,56 bilhões em outubro
MS
Salários dos mais de 79 mil servidores estaduais será depositado nesta sexta-feira
EDUCAÇÃO
AGU: nível superior vale como comprovação em concurso para nível médio
Decisão saiu no Diário Oficial da União de hoje
NOTÍCIAS
Ozonioterapia ajuda na recuperação de onça ferida em incêndio no Pantanal