Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020

Família de Fael viaja para acompanhar seu primeiro paredão

Família de Fael viaja para acompanhar seu primeiro paredão

31 janeiro 2012 - 14h50
Campograndenews


Os pais, os dois irmãos e a cunhada viajaram na noite de ontem para o Rio de Janeiro para acompanhar na torcida o primeiro paredão do sul-mato-grossense Fael na noite desta terça-feira.

“É um dia importante, mas tenho certeza que ele vai ficar”, diz o pai Odilon Cordeiro.

Hoje, o ilustre morador de Aral Moreira, município na região sul do Estado, vai enfrentar Mayara. Ele passará pela primeira avaliação do público, uma vantagem, avalia o pai de Fael.

“Por um lado, foi até bom. Ele nunca passou por isso. Vamos ver se as pessoas estão gostando dele. Acho que vai sair de lá bem fortalecido”.

Na internet, Fael é considerado um dos favoritos ao prêmio final do BBB. Nas pesquisas, a oponente Mayara chega a ter 76% da votação para sair da casa.

A família acha que o bom desempenho de Fael é resultado da “honestidade” do veterinário junto aos companheiros de BBB.

Um ponto foi marcado ao imunizar o amigo João Maurício, acredita Odilon. “Ele sabia que iria para o paredão se imunizasse o João Maurício e mesmo assim ele fez. Foi corajoso”.

Sobre a permanência de Fael no programa, o pai diz que já foi mais preocupado, mas se surpreendeu com o comportamento do filho.

“Pensei que ele só fosse se dar bem com o João Maurício que é pecuarista, porque os outros são muito diferentes dele e das pessoas que ele se relaciona. Mas parece que acabou conquistando muita gente”, comemora Odilon.

Sobre os rivais no programa, o pai aposta que Fael vai demorar para descobrir as reais intenções dos participantes. "Ele é muito bom. Vai demorar para descobrir que está em um jogo".

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIDROLÂNDIA
Operação conjunta resulta na prisão de líder de facção criminosa
ECONOMIA
Brasileiros acreditam em inflação de 4,8% nos próximos 12 meses
CORONAVÍRUS
Diagnosticado com covid-19, o vice-prefeito de Ponta Porã, Caio Augusto (PSD), está internado na UTI
POLÍTICA
Lei sobre Internet das Coisas pode gerar milhões de empregos
Avaliação é do Ministério das Comunicações