Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020

Fenaban faz proposta rebaixada e bancários farão greve novamente

Fenaban faz proposta rebaixada e bancários farão greve novamente

21 setembro 2011 - 10h03Por Assessoria
A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou na terça-feira (20), uma proposta de reajuste salarial para os bancários de 7,8%, ou seja, apenas a reposição da inflação. O índice está muito distante do reivindicado pela categoria, de 12,8%. Ciente do absurdo, os banqueiros agendaram uma nova rodada de negociação para sexta-feira (23/09), às 14h, em São Paulo.

O aumento do piso salarial apresentado pelos banqueiros durante a rodada também é rebaixado, principalmente se analisada a lucratividade das empresas no primeiro semestre (R$ 27,4 bilhões).

Pelo proposto, o salário inicial da Portaria passaria dos atuais R$ 794,98 para R$ 856,99. Escritório aumentaria de R$ 1.140,13 para R$ 1.229,06 e Caixa e Tesoureiro de R$ 1.451,80 para 1.565,04. Para o pessoal de portaria, os bancários defendem R$ 1.608,26, escritório R$ 2.297,51 e caixa e tesoureiro R$ 3.101,64.

A PLR também ficou a desejar. Os bancos querem limitar a Participação nos Lucros e Resultados a 15% do lucro líquido de 2011, que será distribuída em 90% do salário reajustado em setembro de 2011, acrescido do valor fixo de R$ 1.186,66. A categoria reivindica três salários mais R$ 4.500,00.

Para Raul Verão, presidente do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região, “os bancários continuarão insistindo para que o acordo seja feito de forma negociada, porém se os banqueiros mantiverem a postura de intransigência a categoria já está mobilizada e coesa para arrancar as suas reivindicações, como nos anos anteriores, através da greve.

Os índices caíram como um balde de água fria na categoria, que prepara a radicalização do movimento caso a postura se mantenha. Todas as propostas da Fenaban serão apreciadas em assembleia hoje, às 18h, na sede do Sindicato dos Bancários de Dourados e Região em Dourados, na Rua Olinda Pires de Almeida, 2450.

Todos os sindicatos do País têm assembleias marcadas para esse mesmo dia, 22/9, e a indicação do Comando Nacional dos Bancários é pela rejeição da proposta e aprovação de greve por tempo indeterminado a partir do dia 27/9, próxima terça-feira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Inscrições abertas para seleção de bolsas PIBIC, PIBIC-AAF e PIBITI
INTERNACIONAL
Rússia começa a vacinar principais grupos de risco contra covid-19
BONITO
PMA resgata jabuti com casco dilacerado por atropelamento, periquito ferido e gambá em pousada
LIBERDADE ECONÔMICA
Projeto enviado à Assembleia garante segurança jurídica e inovação aos empresário