Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020

Filipinas procuram centenas depois de tufão matar 650

18 dezembro 2011 - 09h53Por Reuters
Equipes de resgate procuram desde domingo mais de 800 pessoas desaparecidas no sul das Filipinas depois de alagamentos e deslizamentos de terra terem arrastado casas para rios, matando mais de 650 moradores de áreas pouco preparadas para lidar com tempestades.

As cidades de Cagayan de Oro e Iligan, na ilha de Mindanao, foram as mais castigadas quando o tufão passou enquanto as pessoas dormiam, entre a noite de sexta-feira e a manhã de sábado, invadindo as cidades com água e lama.

A Cruz Vermelha Nacional Filipina (CVNF) disse que 652 pessoas morreram em oito províncias na região de Mindanao (sul), com mais de 800 desaparecidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TAQUARUSSU
Ambiental autua quatro em R$ 8,4 mil e apreende 139 quilos de pescado
INCÊNDIOS
Governo federal libera mais R$ 1,3 milhão para MS combater incêndios no Pantanal
MARACAJU
Menina procura a avó e diz que foi obrigada a ver filmes pornográficos
JUSTIÇA
Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF