Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

Fragmentos de satélite desativado da Nasa caem no Canadá

24 setembro 2011 - 14h51Por Globo.com
O Satélite de Pesquisa da Atmosfera Superior Terrestre (UARS, sigla em inglês) se desfragmentou na atmosfera da Terra na madrugada de sábado (24) e parte de seus destroços caíram no Canadá, de acordo com os cálculos da agência espacial norte-americana (Nasa).

Através de sua conta no microblog "Twitter", a agência espacial americana assegura que seus restos caíram na Terra entre 0h23 e 2h09 (horário de Brasília). "O satélite estava passando sobre Canadá e África, assim como sobre vastas zonas dos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico", explicou a Nasa.

Fragmentos do equipamento podem ter caído na região de Okotoks, uma cidade ao sul de Calgary, no oeste do país. Para Nasa não está descartada, porém, a hipótese de fragmentos serem encontrados em outros lugares, como na África ou na Austrália.

Com quase seis toneladas de peso, o aparelho foi lançado pela Nasa há 20 anos. Antes de cair, sobrevoou, além do Canadá, a África e a Austrália.

A Nasa vinha informando que os restos do satélite deveriam se espalhar por uma área de 800 km e que não haveria riscos para a população.

O UARS é o maior satélite da Nasa a cair sobre a superfície terrestre depois do Skylab, que se precipitou na zona ocidental da Austrália em 1979.

A Nasa esperava que o satélite se fragmentasse em 26 pedaços, com pesos variando entre 1 kg e 158 kg.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Transporte em tempos de coronavírus é tema do Caminhos da Reportagem
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
GERAL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19
POLÍTICA
Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano