Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020

Globo não autoriza Russo a participar de homenagem

03 setembro 2011 - 09h50
Globo não autoriza Russo a participar de homenagem


Folha.com


Um dos assistentes de palco mais conhecidos do Brasil, Russo, 80, não foi liberado pela Globo para participar do 18º Prêmio Multishow, no qual seria homenageado.

Segundo a assessoria do canal pago, a emissora alegou incompatibilidade de agenda para a presença dele na cerimônia, marcada para acontecer no Rio, na noite de 6 de setembro. O Multishow, canal da Globosat, e a Globo fazem parte do mesmo grupo de comunicação, as Organizações Globo.

Atualmente, Russo --que está há 45 anos na Globo e cujo nome é Antônio Pedro de Souza Silva-- trabalha na montagem do cenário do "Big Brother Brasil 12", que deve estrear em janeiro.

Ele ficou conhecido pela participação no extinto "Cassino do Chacrinha". Também fez parte da equipe do "Domingão do Faustão" e do "Caldeirão do Huck", onde esteve até o início deste ano.

"Fico com saudade do palco agora que só fico no estúdio", contou Russo em entrevista por telefone à Folha na tarde de quinta-feira.

A homenagem foi programada pelo Multishow porque a edição deste ano do prêmio, apresentada pelo comediante Bruno Mazzeo, será temática sobre produções de auditório. A eterna jurada Elke Maravilha também será homenageada.

Ao saber da presença dela, ele brincou: "A Elke vai estar lá? Que maravilha!". "É a primeira vez que vão me homenagear, antes falavam que era homenagem, mas foi só bate-papo", contou.

Apesar da idade, ele diz não ter intenção de se aposentar. "Vou ficar na Globo até me mandarem embora, se eu parar eu morro."

O diretor do Multishow, Guilherme Zattar, contou que ainda pretende tentar conseguir a liberação da Globo para Russo participar da homenagem.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Globo confirma que não autorizou a ida de Russo à homenagem. A emissora disse que Russo já estava escalado para um compromisso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia
Pesquisa mostra que tensão entre os presos é um dos motivos
SAÚDE
MP destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19
TRÊS LAGOAS
Polícia Militar Ambiental captura jiboia em condomínio
NOTÍCIAS
Paraguai prevê reabertura de lojas da fronteira em setembro
Ministro de Relações Exteriores diz que conversa está avançada com governo brasileiro