Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021

Maioria foi cancelada devido à baixa frequência escolar dos filhos.

25 julho 2012 - 14h00
G1 MS

Em Mato Grosso do Sul, 97% das 157 mil crianças do Bolsa Família que foram monitoradas em maio cumpriram as regras do programa. O índice é maior do que a média nacional. Apesar disso, todos os meses, muitas famílias perdem o benefício. No mês de julho, 245 famílias deixaram de receber os recursos.

O aposentado Carlos Roberto Pereira faz bicos como eletricista para complementar a renda mensal. Além da aposentadoria de R$ 600, ele recebe R$ 134 do Bolsa Família e R$ 155 do Vale Renda, programa estadual de benefício social. "Ajuda muito, porque dele eu dependo para pagar energia, água, telefone de baixa renda e algumas coisas para casa", conta.

De acordo com a Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social, responsável pelo cadastramento e acompanhamento das famílias inclusas no benefício, a maioria foi cancelada devido à baixa frequência escolar dos filhos. Outros 824 beneficiários tiveram a prestação bloqueada. As famílias têm até o dia 31 de agosto para procurar o Centro de Assistência Social mais próximo e tentar reverter a situação.

A dona de casa Alessandra Rodrigues de Almeida perdeu o direito ao benefício há 11 meses. Ela é mãe de três filhos, sendo que dois estão na escola e um na creche. Alessandra conta que sofreu um derrame no ano passado, precisou ser operada e já não tem mais o mesmo vigor físico. "Foi quando eu fui para Três Lagoas e tentei transferir o cadastro para lá. Deram um prazo de 90 dias para eu receber o benefício, mas aí eu voltei para Campo Grande, e me disseram que estava tudo certo. Só que ainda não recebo o benefício.", diz.

A coordenadora estadual de proteção social, Márcia Terezinha Ratti, explica que as famílias atendidas precisam seguir critérios rígidos. Manter filhos na escola é apenas um deles. Caso isso não esteja de acordo com as regras, a família pode ser advertida até três vezes, e ainda é monitorada por um ano e meio. Só depois disso o beneficio é cancelado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 158
PMA autua empresa mato-grossense por derramamento de cerca de 22 mil litros de combustível
ECONOMIA
China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
RIO BRILHANTE
Polícia Civil prende suspeitos de tráfico de drogas que faziam parte organização criminosa
NOTÍCIAS
Negada indenização a comprador de veículo que não comprovou defeito em motor