Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020

Homem de 44 anos é preso acusado de estuprar duas crianças

Homem de 44 anos é preso acusado de estuprar duas crianças

28 julho 2011 - 10h09Por Fonte: Midiamax
A polícia prendeu na quarta-feira (27) um homem de 44 anos, acusado de ter estuprado duas crianças em Costa Rica.

Duas mães registraram Boletim de Ocorrência informando que suas filhas, uma de 06 anos (sofreu violência sexual quando foram passear na fazenda onde o homem trabalhava); a outra de 10 (afirmou ter sido violentada na própria casa onde mora no Bairro Sonho Meu VI, onde o acusado é vizinho). O relato das crianças acompanhadas das mães deixou policiais e as famílias revoltadas com a audácia do autor.

De acordo com a mãe da criança de seis anos a família foi passar um dia na fazenda onde o acusado trabalhava, ele chamou a criança para ir até o local onde trata dos porcos, lá ele tirou a calcinha da criança e tentou penetrar nela, mas ela começou a chorar muito e a avó gritou pela criança e então parou.

Segundo a mãe ele já abusou por três ou quatro vezes da criança. Ela disse ainda que ele ameaçava dizendo que iria matar a mãe e o pai caso resistisse ao assédio. A mãe contou ainda que a filha foi abusada uma vez no interior da casa da avó que não percebeu a violência. Segundo a mãe, o acusado estava seguindo ela e a criança no trajeto para a escola.

A outra mãe, que a filha tem dez anos, disse que ser vizinha dele há aproximadamente oito meses, ele freqüentava sua casa, quando a mãe não estava em casa ele ameaçava a criança dizendo que iria matar os pais e com isso a amedrontava e passava a mão nas partes íntimas. A criança informou que já foi abusada por ele pelo menos três vezes.

De acordo com ela na primeira vez que foi abusada ele usou de violência segurando pelos braços com a mão para traz. De acordo com o registro ele permanecia na esquina da casa da vítima aguardando a mãe sair para praticar os abusos.

A jovem presa nesta quarta-feira (27) acusada de tráfico de drogas, quando viu o homem disse que quando tinha 7 anos e morava no bairro São Francisco, ele passou a mão nos seios dela: “fiz Boletim de Ocorrência na época, mas não deu em nada, minha família pediu para eu ficar quieta”. Ela ressaltou que na época não entendia nada, mas hoje acha que ele deve pagar na cadeia pelo que fez.

A esposa do acusado disse que o marido é inocente, ela informou que mora com ele há oito anos e nunca percebeu nada de errado com o marido que sempre respeitou suas duas filhas, uma 15 anos e outra de 18, já casada. “Ele é bom pai para minhas filhas, não deixa faltar nada para elas”- disse a mulher.

A adolescente de 15 anos prestou depoimento ao delegado Cleverson Alves dos Santos, mas não revelou ter sofrido assédio. O delegado solicitou aos pais que residem no bairro São Francisco e tem filhas se perceberem “algo de errado” que procurem a delegacia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Briga de vizinhos acaba com um morto espancado
ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em maio
INTERNACIONAL
Papa nomeia novos cardeais, entre eles o primeiro afro-americano
DETRAN
Contran revoga Resolução que interrompia prazos de serviços e divulga calendário para CNH