Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020

Homem é procurado por suspeita de estuprar filha e matar bebê

22 setembro 2011 - 21h17Por G1
A Polícia Civil investiga um homem de 52 anos suspeito de ter abusado da filha de 19 anos e ter matado a criança fruto da relação em Patrocínio, na Região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais.

De acordo com o delegado Sérgio Elias Dias, responsável pelo caso, a avó da vítima, mãe do suspeito, foi presa no dia 15 de setembro por suspeita de participação na morte do recém-nascido e ocultação do corpo. O pai da jovem está foragido e a polícia realiza buscas.

Segundo o delegado, no dia 6 de setembro, um homem que vive em uma fazenda vizinha encontrou partes do corpo de um recém-nascido próximo ao quintal da família.

A polícia foi informada sobre o caso e passou a ouvir as testemunhas. De acordo com Dias, em depoimento, a jovem confessou os abusos que havia sofrido do pai.

Os casos de abuso sexual e atentado ao pudor teriam começado quando a vítima tinha 12 anos.

A jovem relatou ao delegado que, aos 14 anos, teve a primeira gravidez, mas foi obrigada a realizar um aborto.

Quando soube que estava grávida pela segunda vez, ela tentou esconder o fato do pai para que pudesse ter o bebê.

Segundo a polícia, após o homem descobrir, o parto foi realizado pela avó da jovem.

De acordo com o depoimento da jovem, assim que o bebê nasceu, o pai teria matado a criança e enterrado o corpo.

O delegado Sérgio Dias informou que a mãe da vítima ficou revoltada ao saber dos abusos. Segundo ela, como passava o dia inteiro trabalhando nas plantações, não sabia do que ocorria na casa.

A polícia informou que o casal tem outras duas filhas que relataram nunca terem sofrido abusos do pai. De acordo com o delegado, no momento do parto, elas estavam na escola.

A avó da vítima está presa em regime temporário na Penitenciária Regional de Patrocínio. O corpo do recém-nascido foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
CNI: atividade industrial segue em recuperação com alta do emprego
MS
Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes
CRIME AMBIENTAL
Engenheiro é autuado em R$ 50 mil por degradação de área protegida de mata ciliar do rio Salobra, o qual é protegido com proibição de pesca
NOTÍCIAS
Segurado será indenizado por atraso superior a 4 meses no conserto de veículo