Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020

Homem que comandava 'Rinha" é preso

Homem que comandava 'Rinha" é preso

30 janeiro 2012 - 13h34Por Circuito MT
Sílvio Marino Thome, - dono dos 33 quilos de maconha e dos 65 galos de briga, encontrados em uma chácara, no bairro Parque Atalaia, em Cuiabá, no último sábado (28) foi preso ontem. O homem foi localizado no Shopping Popular, no Porto e foi preso por policiais da Delegacia Especializada de Repressão e Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil.

Thome irá responder pelo crime de tráfico de drogas e ainda será indiciado pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), por maus-tratos de animais, pois ele criava e treinava 65 galos de briga na propriedade. As aves foram apreendidas pela polícia.

Buscas

No sábado, Sílvio conseguiu escapar dos policiais pelo mato dispensando alguns tabletes de droga e uma balança de precisão. Mas os policiais conseguiram prender sua mulher Vânia Aparecida Neves Vilela; Elicarlo Rodrigo Neto, abordado em um Montana preto, com dez quilos de maconha, e conduzir à delegacia Olindo Mario Oliveira Nunes e o um adolescente de 14 anos, filho do dono da chácara.

O menor foi encaminhado à Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) e entregues à família. Já Olindo Mário foi ouvido como testemunhas, por não haver provas do envolvimento dele com o tráfico. Os demais foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Conforme o delegado Gustavo Garcia Francisco ficou configurado o tráfico em famílias. “Nos primeiros levantamentos ficou claro, que a família toda estava atuando no tráfico”, enfatizou a atuação investigada pelos policiais que mantiveram campana até esta segunda (30) com o objetivo de prender o traficante.

Há algumas semanas, os policiais da DRE monitoravam um suspeito que buscaria droga na região. Nas proximidades da chácara, os investigadores realizaram a abordagem de um veículo Montana, conduzido por Elicarlo Rodrigo Neto e ao vistoriar o carro descobriram 10 quilos de maconha na carroceria, embaixo dois pneus estepes.

Como o veículo tinha acabado de sair da chácara nº 16, localizada no final Rua S, do bairro Parque Atalaia, nas proximidades do rio Cuiabá, os policiais foram até a propriedade, quando avistaram o dono do imóvel fugindo em direção ao rio.

Em buscas pela chácara, os policiais encontraram enterrados em um buraco no meio do mato 22 quilos distribuídos em sacos dentro de uma espécie de isopor e 1 quilo dentro de um veículo Voyage prata, ainda sem placa, totalizando 33 quilos do entorpecente. Na residência, também foram apreendidos R$ 12 mil, dinheiro supostamente do pagamento dos 10 quilos de maconha, apreendidos na pick-up Montana.

Tanto Sílvio quando sua esposa já foram presos por tráfico de drogas em Mato Grosso do Sul. A família estava morando a três meses na Capital e já tinham comprados vários bens, como carros e imóveis rurais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Justiça Federal manda soltar acusados de invadir celular de Moro
ECONOMIA
Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$ 96,1 bilhões em agosto
NOTÍCIAS
1ª Câmara Cível considera regular a devolução de bem à revendedora