Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020

HSBC vai demitir 10 mil funcionários no mundo todo

31 julho 2011 - 08h35Por EFE
O banco britânico HSBC vai anunciar nesta segunda-feira, na apresentação de seus resultados semestrais, a demissão de 10 mil funcionários no mundo todo, segundo afirmou neste domingo o canal Skynews.

Com 300 mil colaboradores, o banco planeja que os cortes ocorram no próximo ano, como parte da estratégia de seu novo executivo-chefe, Stuart Gulliver, que anunciou em maio um multimilionário plano de economia.

Está previsto que o gigante HSBC apresente nesta segunda-feira resultados "decepcionantes" relativos ao primeiro semestre do ano, com lucro bruto de US$ 1,090 bilhão frente aos US$ 1,110 bilhão do mesmo período do ano anterior. A queda pode afetar os outros grandes bancos britânicos. Lloyds, Royal Bank of Scotland e Barclays apresentarão resultados semestrais ao longo da próxima semana.

A proposta da comissão independente dos bancos britânicos (ICB, na sigla em inglês) de separar os bancos comerciais dos de negócios e o instável clima da economia global afetaram os lucros dos primeiros meses do ano das instituições financeiras britânicas. As ações do Lloyds e do RBS, dois bancos que receberam intervenção do Governo britânico, caíram 30% e 17%, respectivamente, no primeiro semestre do ano. Já as ações do Barclays recuaram 26% e as do HSBC perderam 14% de seu valor nesse mesmo período. No caso de Barclays, que publicará resultados semestrais na terça-feira, espera-se que anuncie perdas de 24% nos lucros, segundo os investidores Seymour Pierce.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra
MAUS-TRATOS AO ANIMAL
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua em R$ 3 mil infrator preso por Policiais Militares por matar cachorro alheio a pauladas
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro
SEMANA DO SERVIDOR
Por meio virtual, Escolagov entrega XV Prêmio na Gestão Pública