Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021

Idosa atacada por pit bull diz que cachorro acabou com sua cabeça

Idosa atacada por pit bull diz que cachorro acabou com sua cabeça

24 setembro 2011 - 14h28Por G1
"Acabou com a minha cabeça, tirou um pedaço da minha orelha e meu olho está fechado, cheio de pontos". O depoimento sobre seu estado de saúde é de Marilene Pereira, de 61 anos, que foi atacada por um cachorro pit bull, em Aquidauana, a 143 quilômetros de Campo Grande, na quinta-feira (22).

Sobre o ataque, que fez com que levasse 40 pontos na cabeça, a idosa que está internada no hospital Funrural, em Aquidauana, lembra apenas que foi derrubada e levou as mordidas quando passava em frente da casa onde fica o cão, que é vizinha a sua.

Segundo informações do hospital, o quadro dela é considerado estável, mas não há previsão de alta. Dos 40 pontos, 18 foram feitos na região do couro cabeludo. Além da sutura, Marilene está com vários edemas no rosto.

De acordo com a idosa, o cachorro sempre fica solto e já correu atrás de várias pessoas. Uma das pessoas 'perseguidas' pelo pit bull foi a filha da vítima, Édia Catarina Pereira de Brito, de 41 anos. "Ele correu atrás de mim, tentou me atacar, mas não sei por qual motivo ele não me atacou", conta Édia.

Moradores da região relataram ao Corpo de Bombeiros, que socorreu a aposentada, que o cão fazia a guarda de uma casa cujo dono teria viajado. Uma pessoa ficou responsável por fornecer alimentação ao cão, e em uma das visitas o portão pode ter sido deixado entreaberto, o que permitiu a fuga do animal.

A filha da vítima adiantou que a família vai pedir indenização aos proprietários do pit bull por conta do ataque.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFRAESTRUTURA
Investimentos em rodovias, pontes e estradas contribuem com escoamento da produção de soja em MS
LEGISLATIVO
Quatro projetos estão pautados para a sessão ordinária desta quinta-feira
POLÍTICA
Senado aprova PEC Emergencial em primeiro turno
RIO BRILHANTE
Polícia Civil prende três indivíduos por receptação