Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020

Índios e agricultores estariam sendo torturados pela Polícia do PY

07 novembro 2011 - 23h01Por MS Já
Com a disputa de poder entre o suposto grupo terrorista “Exército do Povo Paraguaio” e as Forças Armadas quem está sofrendo é a população rural e os indígenas dos Estados de San Pedro e Concepción, vítimas de tortura pelas forças oficiais. A denúncia é da Coordenadoria de Direitos Humanos do Paraguai do Comitê de Torturas das Nações Unidas.

Os dados foram apresentados pelos advogados Roque Orrego e Juan Martens e se referem à práticas desde 2005. A Polícia Nacional do Paraguai estaria abusando dos civis na busca dos supostos terroristas. San Pedro e Concepción estão sitiados há meses e no entanto as autoridades não conseguiram capturar nenhum guerrilheiro.

Índios Guaranis e pequenos agricultores estariam sendo vítimas de maus tratos para colaborar com informações, quando as autoridades se certificam que eles são inocentes, são liberados, porém, ninguém é punido pelas práticas desumanas.

“A impunidade continua sendo constante nos casos de tortura. Salvo, um caso dos denunciados, frente o Ministério do Interior e do Ministério Público, seguem as impunidades, sem que sequer sejam realizados atos jurídicos relevantes para esclarecer os fatos”, denunciam os advogados.

Os eventos se desenrolam à pouco mais de 500 km de Dourados e muitas famílias paraguaias ou descendentes que moram na cidade ainda tem parentes que moram nesses Estados.

Exército do Povo Paraguaio – EPP

O Exército do Povo Paraguaio seria um grupo paramilitar formado por ex-militares e civis que para uns defende uma reforma política no país vizinho e que par outros se trata de um ajuntamento de terroristas e bandidos. O grupo existiria desde 2007, mas, ganhou destaque no período de outubro de 2009 à maio de 2010, quando suas ações se intensificaram.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Ozonioterapia ajuda na recuperação de onça ferida em incêndio no Pantanal
JUSTIÇA
Motociclista será indenizado por acidente devido ao rompimento de cabos
PONTA PORÃ
Policial Militar aposentado evita roubo
LEGISLATIVO
Projeto cria Disque Denúncia de Maus Tratos e Abandono de Animais