Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020

Japão segue em recessão por efeitos do tsunami

Japão segue em recessão por efeitos do tsunami

15 agosto 2011 - 09h09Por France Press
O PIB do Japão recuou 0,3% no segundo trimestre em relação aos três meses precedentes, e já soma nove meses consecutivos de baixa devido ao tsunami de 11 de março passado, informou o governo nesta segunda-feira.

O retrocesso, de 1,3% em relação ao mesmo trimestre de 2010, é inferior ao estimado pelos analistas, que previam um recuo anual do PIB de 2,7%.

Os analistas apostam em uma recuperação durante o próximo verão, graças à reconstrução da zona devastada pelo tsunami no nordeste do país.

"Acredito que veremos sinais claros de recuperação no trimestre julho-setembro", disse Taro Saito, economista do NLI Research Institute.

O Japão entrou em recessão no primeiro trimestre deste ano, ao somar seis meses consecutivos de contração da atividade econômica.

O Produto Interno Bruto japonês recuou 0,6% no quarto trimestre de 2010 em relação aos três meses precedentes, e 0,9% no primeiro trimestre deste ano, segundo as autoridades.

O principal fator do prosseguimento da recessão no segundo trimestre foi a queda de 4,9% nas exportações. Os investimentos imobiliários privados recuaram 1,9% e o consumo, 0,1%, em comparação ao trimestre anterior.

A alta de 3% nos investimentos públicos, para responder à catástrofe, compensou em parte a contração da atividade econômica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia
SAÚDE
Usar máscara em academias não prejudica saúde, dizem especialistas
EDUCAÇÃO
MEC anuncia novas datas de aplicação do Enem 2020
SEGURANÇA PÚBLICA
Seguindo diretrizes nacionais, Agepen prorroga suspensão de visitas até o dia 31