Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020

Jerson não teme retaliação do PMDB e pretende levar adiante apoio a Delcídio para governador

Jerson não teme retaliação do PMDB e pretende levar adiante apoio a Delcídio para governador

12 dezembro 2011 - 10h51Por Capital News
O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado estadual, Jerson Domingos, não teme retaliação de seu partido, o PMDB, pelo fato de ter declarado apoio ao senador Delcídio do Amaral (PT) para as eleições de 2014 quando o petista pretende concorrer ao governo do Estado.

Jerson assegura que até agora não enfrentou qualquer problema na legenda em função de seu posicionamento e que não pretende abandonar seu preferitismo por Delcídio.

A polêmica declaração do deputado feita no dia 27 de outubro durante entrevista na Assembleia gerou mal estar dentro do partido. A legenda quer lançar candidato próprio à sucessão de André Puccinelli (PMDB).

O presidente regional do PMDB, Esacheu Nascimento, reagiu à atitude de Jerson. Disse que para defender a candidatura de um nome da oposição, Jerson deveria sair do PMDB e, mais, ameaçou abrir procedimento interno para “apurar a conduta” do deputado.

O presidente da Assembleia, por sua vez, reitera ter expressado um ponto de vista pessoal, e desconsidera as ameaças do dirigente.

“Ele sozinho não fala pelo partido. Ele preside o partido. Eu o respeito muito. É uma pessoa idônea que tem conduzido o partido com muita responsabilidade. Mas, quem fala pelo partido, somos todos nós, membros do diretório e filiados”, opinou.

O deputado ressaltou ter expressado um ponto de vista pessoal, portanto, não há razões para reações contrárias no partido. “Continuo com o meu ponto de vista”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Caminhão que seguia para Campo grande com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF
PROPINA DIFERENTE
Traficante Minotauro usou canetas de US$ 900 para pagar propina a agentes paraguaios, afirma MPF
ECONOMIA
Seis milhões de pessoas pediram empréstimo na pandemia, diz IBGE
CORONAVÍRUS
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário