Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021

Jornalista afirma ter visto jogadores do 7 voltando da farra antes de jogo

Jornalista afirma ter visto jogadores do 7 voltando da farra antes de jogo

17 abril 2012 - 18h17Por Dourados Informa
Uma revelação publicada na manhã desta terça-feira (17) pelo jornalista Waldemar Gonçalves Russo, no espaço “VC Repórter” – área destinada exclusivamente para comentários de leitores - da Gazeta MS, tem gerado discussão e ainda vai dar muito que falar, pois pode ter influenciado na eliminação do Sete de Dourados no Campeonato Estadual.

Na nota o assessor de imprensa do time douradense, divulgou que alguns jogadores teriam ido a uma festa na noite de sexta-feira (13), e retornado somente na madrugada do dia seguinte, minutos antes do embarque da delegação que iria para Chapadão do Sul enfrentar a Serc no domingo.

“É lamentável, mas alguns atletas foram vistos na madrugada de sábado em um pagode na cidade. Sabedores que o embarque para Chapadão do Sul seria às 5 horas da madrugada de sábado, eles deveriam sim, estar concentrados e não na farra, lamentável isso”, dizia a publicação.

De acordo com Russo, entre os que foram vistos “violando” as regras da concentração estava Tardelli, artilheiro da competição e que não marcou em nenhum dos dois jogos das quartas-de-final, tendo atuação apagada no confronto decisivo, vencido pelos anfitriões por 3 a 0.

“Quando estava no aguardo do embarque da delegação na república dos atletas, presenciei às 5h15, a chegada em um taxi, do atacante Tardelli e de outro atleta que não pude ver quem era, pois ainda estava escuro”, disse o jornalista lembrando que os diretores deverão se manifestar.

“Acredito que a diretoria do clube, mesmo estando desclassificado do Estadual, deverá tomar alguma providência neste sentido, pois estes atletas traíram a confiança dela e principalmente do técnico Amarildo de Carvalho e também de Claudinho”.

Por sua vez o presidente da equipe, Benjamin Barbosa, foi procurado pela reportagem, mas disse que no momento não vai se manifestar. “Este fato me pegou de surpresa e ainda não estou bem informado sobre o que aconteceu. Assim que souber o que realmente houve, irei dar meu parecer”, explicou Barbosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 158
PMA autua empresa mato-grossense por derramamento de cerca de 22 mil litros de combustível
ECONOMIA
China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
RIO BRILHANTE
Polícia Civil prende suspeitos de tráfico de drogas que faziam parte organização criminosa
NOTÍCIAS
Negada indenização a comprador de veículo que não comprovou defeito em motor