Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
Sumiço

Mãe procura filha de 12 anos que desapareceu depois de ir para escola

Mãe procura filha de 12 anos que desapareceu depois de ir para escola

04 julho 2016 - 11h00Por Dourados News
Karen Ketlen Romeiro Silva, de 12 anos, está desaparecida desde a tarde da última sexta-feira, dia 1º de junho, quando saiu para ir ao colégio e não voltou mais. Conforme a mãe da menina, Izabel dos Santos Silva, de 37 anos, a adolescente saiu para ir à Escola Estadual Amando de Oliveira, localizada no Bairro Piratininga, em Campo Grande, onde cursa o 7º ano, e desde então não retornou para casa.

Ao jornal Correio do Estado Izabel contou que no final da tarde de sexta-feira, às 18 horas, a filha ligou para ela e disse que ainda estava na escola porque tinha esquecido de recarregar o cartão do passe de ônibus. "Achei estranho ela estar me ligando aquela hora. Senti a voz dela ofegante e falei que ela estava mentindo e que quando chegasse em casa a gente ia conversar. Daí ela me disse que ia atrasar um pouco mas que logo chegaria, sendo que ela costumava chegar às 18h40", contou a mãe da adolescente ao afirmar que esta foi a última vez que falou com a filha.

Na escola, colegas e professores afirmaram que Karen não chegou a assistir aula na sexta-feira. "Fui lá e os professores falaram que ela nem entrou, mas que viram ela às 18 horas recarregando o passe".

Izabel mora com a filha e mais um filho no Jardim Campo Nobre, na Capital. Segundo ela, a menina sempre foi muito calma, tranquila, estudiosa, e que nunca havia dado trabalho. "Esta foi a primeira vez". Questionada sobre a possibilidade de ter se envolvido com algum namorado, a mãe conta que a adolescente tem um ex-namorado, de 17 anos, com quem rompeu há dois meses.

"Não sabemos se ela está com ele. Fazia um tempinho que ela tinha terminado com o rapaz. Algumas pessoas me falam que ela está com ele, mas não posso afirmar", destaca a mãe ao contar que na sexta-feira chegou a ir até a casa do rapaz. "No mesmo dia fui lá e vasculhei tudo, não achei ela".

Izabel relata que pessoas vieram lhe avisar que a filha foi vista na noite de sábado, com o ex-namorado, no Bairro Los Angeles, onde o rapaz mora. "Mas não posso afirmar, não tenho provas. Mas já registrei boletim de ocorrência e fiz cartaz com o nome dela".

Izabel conta que aceitava o relacionamento da filha, mas que chegou a falar para ela largar dele depois que descobriu que é usuário de droga. "Ele é uma boa pessoa, mas infelizmente usa droga e eu ficava falando para ela largar dele".

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Rio Negro autua três em R$ 2,7 mil por pesca ilegal e apreende pescado, tarrafa e outros petrechos de pesca
JUSTIÇA
Queda de produtos da prateleira em cima de consumidora gera danos morais
POLÍTICA
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
BATAGUASSU
Polícia Militar Ambiental autua homem detido pela Polícia Civil por maus-tratos a dois cachorros, por falta de alimento, água e com ferimento