Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020

Marçal responde as acusações de adversários políticos

Marçal responde as acusações de adversários políticos

09 fevereiro 2012 - 15h33
Divulgação (TP)

O deputado federal Marça Filho (PMDB) deu entrevista hoje (8) para falar sobre as acusações divulgadas pela mídia na terça-feira. Segundo as notícias o ministro Marco Aurélio do Supremo Tribunal Federal autorizou a quebra de sigilo bancário do deputado com o objetivo de investigar os fatos citados na operação Uragano, realizada pela polícia federal em 2010 em Dourados.

Marçal Filho deixou claro que já havia se antecipado e em novembro do ano passado, quando procurou o ministro e colocou seu sigilo bancário e fiscal a disposição para que as investigações fossem concluídas o quanto antes.

As acusações se referem à utilização indevida de emendas parlamentares do ano de 2008 a 2010. O parlamentar explicou que em 2008 ele sequer era deputado e só entrou em julho de 2009, ou seja, só participou da elaboração do OGU – orçamento geral da união, referente a 2010 e mesmo assim, apesar das diversas emendas apresentadas por ele serem empenhadas e conveniadas nenhuma foi paga até o dia de hoje. “Falaram coisas da época em que eu não era nem deputado, fui deputado apenas em julho de 2009 e só participei do orçamento para 2010, todas estas informações podem ser comprovadas junto aos ministérios e junto à Câmara Federal”, disse.

Quanto aos shows realizados pela rádio 94FM Marçal pontuou que alguns deles receberam recursos da prefeitura, inclusive, o realizado no ano passado na administração do atual prefeito, tanto que todos os veículos de comunicação têm contratos publicitários ou de divulgação com órgãos públicos, como a prefeitura, por exemplo.

“Estou tranqüilo, me antecipei a decisão do Marco Aurélio e estive com ele me colocando a disposição para quaisquer esclarecimentos pedindo rapidez no processo para que o inquérito seja logo concluído e, com a certeza da minha inocência, meus adversários políticos parem de fazer uso eleitoral das investigações”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Inscrições para 1520 vagas em cursos técnicos começam na segunda-feira
MAUS TRATOS
Idosa de 71 anos mantinha cachorros amarrados, doentes e com pouco alimento
INTERNET
Homem persegue a ex pela internet, faz live sobre ela e vai preso quando tentava se esconder em buraco
ECONOMIA
Ipea: taxa de desocupação cresce porque pessoas estão buscando emprego