Menu
Busca quinta, 18 de outubro de 2018
(67) 9.9973-5413
PARABÉNS MS

Mato Grosso do Sul completa hoje 41 anos de sua criação

11 outubro 2018 - 09h00Por Conesul News

Mato Grosso do Sul completa nesta quinta-feira (11/10),  os 41 anos de história, trazendo a população uma história rica em cultura, economia, turismo.

Historicamente vinculado ao Sudeste, Mato Grosso do Sul teve na pecuária, na extração vegetal e na agricultura as bases de um rápido desenvolvimento iniciado no século XIX, enquanto norte minerador vivia sua decadência. 

O desenvolvimento desigual entre o norte e o sul do antigo estado de Mato Grosso inspirou movimentos separatistas desde o século passado. Os primeiros deles ocorreram em 1834 e foram reprimidos pelos portugueses.

 Novas lutas e tentativas de se criar o estado de Mato Grosso do Sul foram registrados durante o surto da borracha, o que exigiu intervenção federal em 1917. Em 1932 foi criada a Liga Sul-Matogrossense com fim de coordenar a campanha separatista. Apostando no Movimento Constituicionalista de São Paulo, os sulistas aliaram-se aos paulistas, em troca de seu apoio às reivindicações separatistas.

Entre julho e outubro de 1932, foi constituído o "Estado de Maracaju", porém derrotado juntamente com os contitucionalistas. Vindo ao encontro dos interesses dos habitantes de Mato Grosso do Sul, havia já um plano para a redivisão do território brasileiro desde a Constituinte de 1823. Justificava-o sobretudo, a preocupação com os enormes vazios demográficos no Pará, Mato Grosso e Goiás.

Com a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, Getúlio Vargas decide desmembrar seis território estratégicos para serem administrados diretamente. É criado assim o Território Federal de Ponta Porã, desmembrado do sudoeste do antigo estado de Mato Grosso, território este remembrado ao Mato Grosso pela Constituição de 1946.

A defesa da redivisão foi retomada pelos tenentes que participaram da Revolução de 30 e mais tarde, em 1950, por oficiais da Escola Superior de Guerra, que se dedicaram a examinar detalhadamente o assunto.

Em 11 de outubro de 1977, o então presidente do Brasil, Ernesto Geisel, assinou a lei que finalmente desmembrava do território do Mato Grosso um novo estado, Mato Grosso do Sul. Entre os argumentos justificadores do ato incluíam-se imposições administrativas - o território era grande demais para ser administrado por uma só máquina administrativa - e preceitos da Doutrina de Segurança Nacional, que considera pouco recomendável a existência de estados grandes e potencialmente ricos na região de fronteira.

O estado de Mato Grosso do Sul é oficialmente instalado em 1 de janeiro de 1979, sendo o primeiro governador Harry Amorim Costa, nomeado pelo presidente Ernesto Geisel.

Pantanal

É a maior planície de inundação contínua do mundo, formada principalmente pelas cheias do rio Paraguay e afluentes.

A região tem cerca de 250 mil km², sendo que cerca de 83% fica no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O restante fica principalmente na Bolívia (15%) e uma pequena parte ao Paraguay, onde recebe o nome de Chaco. Em 2000, a Unesco delimitou 1,3% da área total como Área de Conservação do Pantanal.

Uma parte da região forma o Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense, criado em 1981, localizado no município de Poconé (MT), com área de 135.000 hectares.

Possui uma impressionante diversidade na fauna e flora. São 1.132 espécies de borboleta, 656 de aves, 122 de mamíferos, 263 de peixes e 93 de répteis. Na época das chuvas, entre outubro e fevereiro, o Pantanal fica praticamente intransitável por terra. No restante do ano, o solo forma um excelente pasto para o gado, em algumas áreas, base da economia da região, além do garimpo de ouro e diamante.

O Pantanal é, também, um dos principais destinos de turismo ecológico no Brasil.

Aspecto do Pantanal no Mato Grosso do Sul.


Jacaré do Pantanal (Caiman yacare). Pode chegar a mais de 2,5 m de comprimento e sua presença é abundante na região.

A onça pintada do Pantanal, ameaçada de extinção (Panthera onça). O maior felino das Américas é um animal de hábitos noturnos, caçando capivaras, veados, peixes e aves. A onça adulta pode chegar a dois metros de comprimento e pesar 160 kg. É encontrada também em regiões de mata atlântica e Amazônia.

Cultura do MS

A cultura sul-mato-grossense é muito influenciada pela cultura paraguaia. Vários pratos típicos paraguaios fazem parte do cotidiano do sul-mato-grossense, tais como: a sopa paraguaia, a chipa e o tereré. A gastronomia do estado também é influenciada pela cultura dos imigrantes japoneses: pratos como o udon e o yakisoba são comuns no estado.

Peixes típicos dos rios do estado, como o pintado, o piraputanga, o pacu e o dourado, costumam ser utilizados nos pratos típicos. Também são utilizados a carne de jacaré e o suco de guavira.

No campo da música, o gênero típico do estado é a música sertaneja do interior do Brasil. A figura humana típica do estado é a do pantaneiro: o vaqueiro que tradicionalmente cuidava do gado na região do pantanal.

Tereré

A bebida tereré é uma tradição inerente ao Paraguai, mas há variações regionais sobre a sua preparação e formas de consumo. Por exemplo: o "tereré russo" é popular na parte sul do Paraguai, especialmente no departamento de Itapúa. Foi criado quando os brancos russos, como o capitão Blinoff, tendo sido expulsos da sua pátria e hospedados no Paraguai, ajudaram o Paraguai na Guerra do Chaco. Em vez de água, utiliza-se suco de laranja, e adicionam-se alguns aditivos para a erva da guampa. O tereré é ideal em tempos de calor, substituindo o mate. É muito bom para se manter hidratado e para compartilhar em roda de amigos (um grupo inteiro divide uma única guampa).

Em guarani, os paraguaios chamam de tereré rupá (literalmente, "cama ou ninho de mate frio") uma espécie de aperitivo antes do tereré da manhã, que é habitualmente tomado por volta das dez da manhã, para a água fria não "bater" o estômago.

No Paraguai,o tereré tem um sentido tradicional, medicamentoso e até mesmo cerimonial. É um símbolo de amizade. O tereré com remédios refrescantes é ingerida pela manhã e já o tereré da tarde é engolido sem qualquer adição.

Sobá

É um tipo de macarrão japonês feito a base de farinha de trigo sarraceno, podendo-se misturar ou não outros ingredientes à massa. A palavra soba significa trigo sarraceno na língua japonesa, porém também é utilizada como denominação genérica para macarrão oriental em geral (Ex.: Okinawa soba, chuka-soba, yakisoba), excetos udon e somen.

Pintado (também chamado surubim), o peixe mais famoso da culinária sul-mato-grossense

O jacaré-do-pantanal (Caiman yacare) também é muito apreciado na culinária do estado

Guavira (Campomanesia pubescens), também chamada guabiroba

Viola caipira, o instrumento típico da música sertaneja

Economia do MS

As principais atividades econômicas no estado são o plantio de soja e a criação de gado bovino.

Merece destaque ainda o turismo ecológico no pantanal e na cidade de Bonito.

O Mato Grosso do Sul é um estado que apresenta grandes perspectivas de desenvolvimento econômico baseado na agropecuária e no turismo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Dupla é presa com mais de 2 toneladas de maconha escondidas em caminhão
EDUCAÇÃO
Seguem abertas inscrições para Vestibular 2019 e Passe UFMS
PEDRO JUAN
Suspeita de envolvimento em roubo a vereador douradense é executada na fronteira
ELEIÇÕES 2018
Mesários poderão registrar eventual falha ou fraude de urna em aplicativo para investigação