Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021

Mato Grosso do Sul terá 11 Escolas Técnicas Federais até 2014

Mato Grosso do Sul terá 11 Escolas Técnicas Federais até 2014

26 outubro 2011 - 20h13Por Assessoria
Foi sancionada nesta quarta-feira, 26, no Palácio do Planalto, a lei que instituiu o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Na oportunidade foram assinados dois decretos e uma medida provisória. Os decretos instalam a Rede e-Tec Brasil, que oferece cursos técnicos de ensino médio à distância e auxílio-avaliação educacional (AAE) para professores que participarem do Programa. O Pronatec vai oferecer bolsas de estudo, financiamentos, incentivos fiscais para empresas privadas e recursos para implantação de Campi federal e estadual.

O Projeto de Lei nº 78/11, da Câmara dos Deputados, que foi sancionado pela presidente Dilma Russeff, ainda estimula o aumento das vagas ofertadas às pessoas com deficiência e a reserva de 30% dos recursos do Pronatec para as regiões Norte e Nordeste. Até 2014, o programa beneficiará oito milhões de brasileiros.

Em Mato Grosso do Sul, o programa “Brasil Profissionalizado” já conveniou recursos na ordem de R$ 67,4 milhões. O Brasil Profissionalizado hoje faz parte do Pronatec. Os valores investidos serviram para construção, reforma, ampliação além de compra de materiais pedagógicos no estado. A previsão é que em 2014, o número total de Escolas Técnicas chegue a 11. Em todo o país serão construídas 176 escolas técnicas estaduais, os números por Estado ainda estão sendo fechados.

Para o deputado Geraldo Resende (PMDB), coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional, “as Escolas Técnicas Federais que já foram e que serão implantadas no estado é o resultado da luta de todos os deputados e senadores. Em meu primeiro mandato, apresentei projeto de lei e emendas para contemplar municípios pólos como Dourados, Navirai, Ponta Porã, Corumbá, Rio Brilhante, além de Campo Grande e Três Lagoas”.

O Ministério da Educação tem o objetivo de construir de 208 Escolas Técnicas Federais em três anos. Dessas, 35 serão entregues até o fim de 2011. Em 2014 serão 573 instituições administradas por 38 Institutos Federais de Educação.

Incentivo a capacitação - O Programa vai fomentar parcerias com as empresas que incentivarem a capacitação de seus funcionários. A proposta é beneficiar as instituições com incentivos fiscais (Fies-empresa). Outra novidade é a modificação no Fundo de Financiamento do Ensino Superior (Fies), para contemplar alunos de escolas técnicas. O Pronatec também prevê cursos de ensino técnico continuado para trabalhadores, desempregados, beneficiados com o seguro desemprego.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça-feira
JUSTIÇA
Fachin manda juiz analisar recurso de Lula contra provas da Odebrecht
ECONOMIA
Arrecadação de impostos em janeiro somou R$ 180,221 bilhões
BATAYPORÃ
PMA autua paulista por erosões causando degradação de áreas protegidas em sua propriedade