Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020

Meta da Enersul no horário de verão equivale ao consumo de Ponta Porã

Meta da Enersul no horário de verão equivale ao consumo de Ponta Porã

14 outubro 2011 - 21h35Por Assessoria
Neste horário de verão, a economia que a Enersul fará em sua área de concessão, formada por 73 dos 78 municípios de Mato Grosso do Sul, será suficiente para abastecer a cidade de Ponta Porã durante um mês.

A expectativa é de poupar 9.959 MWH ao longo dos 133 dias do horário especial que o País adota para melhor aproveitar a luz natural, já que neste período os dias têm maior duração por causa da posição da terra em relação ao sol, e a luminosidade natural pode ser mais bem utilizada. Isso proporciona uma redução na demanda máxima do sistema elétrico em função do deslocamento do pico de carga para além do habitual. Esse procedimento alivia o carregamento dos sistemas de transmissão e distribuição de eletricidade, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, onde o consumo de energia é mais acentuado nesta época do ano.

Na região Sudeste / Centro Oeste a expectativa de redução de demanda no horário de ponta, que ocorre entre 17h e 22h, é da ordem de 4,6%, o que para o Sistema da Enersul equivale à demanda no horário de ponta das cidades de Aquidauana e Bonito.

Este ano, o horário de verão tem início à zero hora do dia 16 de outubro e se estende até a zero hora do dia 26 de fevereiro de 2012.


HISTÓRICO DO HORÁRIO DE VERÃO


Segundo alguns estudos, este horário especial foi criado em 1784, nos Estados Unidos, por Benjamim Franklin. Naquela época, Franklin percebeu que, durante alguns meses do ano, o sol nascia antes mesmo das pessoas se levantarem. Então, se os relógios fossem adiantados em uma hora naquele período, poderiam aproveitar melhor a luz do dia ao entardecer, economizando grande número de velas, já que, naquele tempo, ainda não existia luz elétrica. Apesar dos esforços de seu idealizador, foi somente durante a Primeira Guerra Mundial, de 1916, que esta idéia recebeu aceitação. A Alemanha, em vista da necessidade de economizar energia por causa da Guerra, resolveu adotar o procedimento do horário de verão.

No Brasil, o horário especial foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então Presidente Getúlio Vargas. Na sua versão de estréia, assim como na reedição da medida no verão seguinte, a duração foi de quase meio ano. Posteriormente, a adoção da medida foi retomada em períodos alternados, nos anos de 1949 até 1953, de 1963 até 1968, e, nos tempos atuais, a partir de 1985. Desde 2008, vigora o Decreto 6.558, que regulamenta o ajuste dos ponteiros do relógio. O horário de verão tem sido um valioso instrumento de uso eficiente e racional da energia elétrica, e tem ajudado o país a garantir a sua oferta de forma mais contínua e
segura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
PMA de Jardim e Bonito fiscalizam o rio Miranda e da Prata e apreendem petrechos ilegais à pesca
BOLETIM COVID
Capital registra 1.178 novos casos nas últimas 24 horas
CULTURA
Blues e Rock embalam as lives do Som da Concha deste fim de semana
BOLSA FAMÍLIA
Beneficiários do programa receberão em poupança digital