Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020

Militar mata namorado de ex-mulher e é esfaqueado pelo filho

Militar mata namorado de ex-mulher e é esfaqueado pelo filho

15 agosto 2011 - 09h07Por G1
O filho do sargento suspeito de matar o namorado da ex-mulher na manhã de domingo (14), no Dia dos Pais, na cidade de Poxoréu, a 259 quilômetros de Cuiabá, é um dos suspeitos de esfaquear o próprio pai.

À Polícia Civil, o adolescente, de 13 anos, disse em depoimento, que após ver o pai atirar contra a o namorado da mãe, ele teria pego uma faca e desferido um golpe no ombro direito do pai. O adolescente disse ainda que só esfaqueou o pai porque pensou que ele iria matar a mãe dele. Depois do fato, o adolescente ficou sob a guarda do Conselho Tutelar da cidade para prestar depoimento à polícia. O garoto foi liberado e já está sob os cuidados da mãe.

A Polícia Militar de Poxoréu ressaltou que um outro homem pegou a faca das mãos do adolescente e desferiu um golpe no abdômen do sargento. O suspeito já foi identificado pela polícia, mas ainda não foi encontrado para prestar depoimento.

O boletim de ocorrência sobre o crime relata que o sargento invadiu a casa da mãe da vítima, por volta das 10h30. Na cozinha, ele encontrou o namorado da ex-mulher, um rapaz de 23 anos, e ali atirou em direção à cabeça do rapaz. Os familiares da vítima renderam o sargento e o algemaram, até a chegada da Polícia Militar.

O sargento foi encontrado caído no chão pelos policiais militares. Ele e o rapaz baleado foram encaminhados para o hospital São João Batista, em Poxoréu. O rapaz atingido pelo tiro morreu na unidade hospitalar. Já o estado de saúde do sargento se agravou e o militar acabou transferido para o hospital Regional em Rondonópolis.

O Conselho Tutelar da cidade informou que o casal já estava separado há meses e que, inclusive, o sargento já teria sido preso recentemente por violência doméstica.

O militar não admitia a separação e nem aceitava que a ex-mulher tivesse nenhum outro relacionamento. O sargento está preso em flagrante e segue monitorado por uma guarda de PMs na unidade hospitalar. Ele trabalha na guarda do Fórum do município de Primavera do Leste. O delegado Rafael Fossari, responsável pela investigação, informou, via assessoria de imprensa, que vai esclarecer alguns fatos sobre o caso, uma vez que o suspeito já está preso. O sargento deve responder na Justiça pelo crime de homicídio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Homem irá responder em liberdade após tentar abusar sexualmente de sobrinha menor de idade no MS
CRIME AMBIENTAL
Comerciante leva multa de R$ 37 mil por desmatamento em Bela Vista
EDUCAÇÃO
Sisu tem 814,47 mil candidatos inscritos em todo Brasil
CASSILÂNDIA
Justiça aumenta pena-base de condenado por estelionato