Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020

Ministério Público adia julgamento de prefeito acusado de abuso sexual

Ministério Público adia julgamento de prefeito acusado de abuso sexual

04 agosto 2011 - 11h37Por Correio 24h
O julgamento do prefeito do município de Una (BA) acuado de abuso sexual de menores que aconteceria ontem(4), foi adiado pelo Ministério Público. De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-Ba), ainda não há informações sobre a provável data e o motivo do adiamento.

O prefeito Dejair Birschner (PP), foi denunciado pelo Promotor de Justiça Márcio Bosio que encaminhou para a Polícia Civil do município de Una, a 550 Km de Salvador, as denúncias de abuso sexual de menores em outubro de 2010.

Entenda o caso

Birschner é suspeito de assédio sexual, corrupção de menores e estupro. No dia 22 de maio de 2010, duas adolescentes de 13 e 15 anos, filhas de funcionários de uma fazenda do político, o acusaram de conduzi-las até um motel na estrada Ilhéus-Olivença. O inquérito também aponta que ele deu álcool às jovens. As denúncias feram feitas por uma das menores ao Conselho Tutelar da Cidade

Segundo informações da delegada de Una, Norma de Freitas Santos, o acusado foi convidado a prestar depoimento por duas vezes e não compareceu. No segundo convite ele justificou a ausência dizendo que estava com a agenda lotada por conta de compromissos políticos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
1ª Câmara Criminal nega recurso de condenado por usar CNH falsa
SAÚDE
Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19
ESPORTE
Grande Prêmio do Brasil de F1 pode ser cancelado
COTAÇÃO
Dólar recua nesta sexta e fecha a R$ 5,31