Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020

Morte de índia é revoltante e macula mais o estado

Morte de índia é revoltante e macula mais o estado

24 agosto 2011 - 10h44Por Midiamax
O deputado federal Vander Loubet (PT) considerou “extremamente revoltante e lamentável” a morte da índia terena Lurdesvoni Pires, de 28 anos, na terça-feira (23), na Santa Casa de Campo Grande, onde estava internada desde o dia 4 de junho, depois que o ônibus em que estava foi atacado.

Para o deputado, esta é mais uma agressão que não pode ficar impune, a exemplo do que ocorreu com lideranças indígenas como Marçal de Souza Guarany e Marcos Verón, e contribuem para macular o estado. “Entendo que essa morte vem confirmar uma triste e inconcebível estatística: que Mato Grosso do Sul figura entre os estados onde acontecem mais casos de agressão aos povos indígenas”, comentou Vander.

“Nenhuma agressão deve ser admitida, sobretudo de forma tão covarde e desproporcional. Os governos federal e estadual têm que assumir totalmente, doa a quem doer, todas as responsabilidades na apuração deste crime”, enfatizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGRONEGÓCIO
Conselho do FCO aprova mais R$ 185 milhões em financiamentos, com destaque à suinocultura
NOTÍCIAS
Decretada prisão preventiva de acusado de cárcere privado
POLÍTICA
Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos a votar em novembro
PONTA PORÃ
Polícia Civil prende suspeitos de associação criminosa e tráfico de drogas em chácara