Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021

MPF pede bloqueio de contas de empresa farmacêutica ligada a Carlinhos Cachoeira

25 maio 2012 - 14h15
Uol

O Ministério Público Federal pediu nesta quinta-feira (24) o bloqueio das contas da empresa farmacêutica Vitapan, suspeita de ter envolvimento no esquema do empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. A empresa é investigada por lavagem de dinheiro.

No pedido, que será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), o procurador regional da República Carlos Alberto Vilhena solicita a suspensão da medida liminar concedida pelo desembargador federal Tourinho Neto, que vetou o sequestro de bens e o bloqueio das movimentações bancárias da indústria farmacêutica, que havia sido determinado pelo Juízo da 11ª Vara Federal de Goiás.

O procurador quer ainda a nomeação de um administrador, escolhido pelo poder Judiciário, para gerir os ativos financeiros da empresa ou que a atual gestão fosse condicionada à prestação de contas periódica à Justiça.

Vilhena justifica que a empresa teve como sócio Carlinhos Cachoeira, de 1999 a 2004. No ano seguinte, 2005, passou a ser controlada pela ex-mulher Andréa Aprígio de Souza, o ex-sogro do empresário, Roldão Aprígio de Souza, e os dois ex-cunhados, Adriano Aprígio de Souza e Roldão Aprígio de Souza Filho.

Nas ligações interceptadas pela PF, as conversas indicam que Cachoeira era o verdadeiro administrador da indústria e teria usado os integrantes do grupo citado como “laranjas”. Durante a gestão de Cachoeira, o capital social da empresa passou de R$ 500 mil para R$ 5,2 milhões.

O MPF verifica se a indústria lavava o dinheiro das contravenções com jogos ilegais. Na Justiça, a empresa alegou que é idônea e entrou com mandado de segurança TRF1, que aguarda julgamento.

A Vitapan conseguiu liminar suspendendo o sequestro dos bens sob o argumento de que não está sendo imputada da prática de qualquer crime. Mas o procurador questiona que a empresa ainda não apresentou nenhum documento que comprove a origem e a natureza do capital empregado na maximização de seus lucros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
REGIÃO
PMA autua dois em R$ 3 mil por abandonar cachorro em estrada
SAÚDE
Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia
PONTA PORÃ
PM recebe denúncia de veículo suspeito e acaba apreendendo veículo com contrabando e descaminho