Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020

Mulheres são as principais vitimas da infecção urinária

23 setembro 2011 - 16h20
Mulheres são as principais vitimas da infecção urinária

Ministério da Saúde

A infecção urinária é um problema que afeta mais as mulheres, principalmente as com idades entre 20 e 40 anos e as grávidas. A doença atinge aquelas mulheres que esperam tempo demais para ir ao banheiro fazer xixi.

As mulheres que ignoram o sinal de que a bexiga está cheia são as principais vitimas do problema.

A infecção urinária pode causar dor, coceira na hora de fazer xixi, corrimento, ardência, febre, vontade constante de ir ao banheiro e, nos casos mais graves, o aparecimento de sangue na urina.

Essa demora ao fazer xixi causa também sujeira na parte da uretra que é o canal que conduz a urina.

O atraso facilita uma possível complicação no aparelho urinário da mulher. O chefe de ginecologia do Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro, Hugo Miyahira, explica como se prevenir.

"A paciente depois dos 55 anos tem que fazer regularmente uma consulta com o ginecologista anual, tem que fazer uma ultra sonografia transvaginal. Porque tem tumores de ovários que são assintomáticos e que surgem nessa época.

E se a vagina estiver extremamente ressecada que é aquilo que acontece, sobretudo, nas pacientes que não estão fazendo reposição hormonal, é possível se usar um creme com hormônio que lubrifique essa vagina.

Agora nas pacientes mais novas que não tem filhos o cuidado com a roupa, o cuidado com o uso do modess, o cuidado em aumentar a ingestão de água é importante."

Para manter uma boa saúde é extremamente necessário beber água para prevenir inflamações e infecções e também manter a higiene íntima, além de ir ao banheiro com frequência. A hidratação ajuda a manter o aparelho ativo, com fluxo de urina normal e saudável.

Outra dica importante é prestar a atenção na cor da urina, que precisa ser clara. Hugo Miyahira afirma ainda que se aparecer sangue na urina a pessoa deve procurar com urgência o médico. (Ministério da Saúde)

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Polícia Civil esclarece homicídio qualificado ocorrido em novembro e prende suspeito
ESTADO
Novo sistema vai reforçar combate a exploração sexual de crianças e adolescentes no MS
BATAGUASSU
Dono de chácara é autuado por maus-tratos a suínos, por falta de alimento e água
JUSTIÇA
1ª Vara do Júri encerra ano com julgamentos de réus presos em dia