Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021

Ninguém teve culpa, diz cantor sobre cadela

Thiaguinho afirma que atitude é uma obrigação, e não é digna de 'parabéns'.

05 julho 2012 - 08h00
G1


Se depender do cantor Thiaguinho, a cachorra ‘Menina’, que foi ferida no último fim de semana, quando um produtor da equipe do músico jogou fogos de artifício na rua, já tem um novo lar. Antes de um show realizado durante a madrugada desta quinta-feira (5) em Santos, no litoral de São Paulo, o cantor recebeu a equipe do G1 no camarim e garantiu que ficará com o animal, apesar de ainda não ter entrado com o pedido de adoção.

Segundo o cantor, a solicitação será feita nos próximos dias. “Eu ainda vou entrar com o pedido. Visitei a cachorra para saber como ela estava e para arcar com os custos da clínica, apesar de não ter sido responsável pelo ato. É difícil ver que ela se machucou. A ‘Menina’ não tem culpa nenhuma. Fiquei feliz de ver que ela estava bem e tentei amenizar o sofrimento dela”, explica.

O cantor, que garante gostar muito de animais, conta que se sentiu na obrigação de visitar a cadela. De acordo com ele, a adoção do animal é extremamente importante e questão de tempo. “Eu acho que qualquer ser humano tem que ter uma atitude boa. Eu não quero receber parabéns por isso. Não sou digno de parabéns por ter ido até lá. Fui porque achei que era a minha obrigação mesmo”, conta.

Apesar de ter demitido o responsável por ter jogado o artefato, Thiaguinho fez questão de minimizar a atitude do rapaz. “Eu acho que ninguém teve culpa do que aconteceu. Foi um acidente e ela acabou se machucando. Justamente por gostar e respeitar bastante os animais resolvi fazer a visita”, conta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Em quatro dias, mais de 11 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil
SAÚDE
Covid-19: Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac
CIDADES
Prorrogado por mais 15 dias o toque de recolher no MS