Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020

No sufoco, Sport vence o Vila Nova e volta à Série A depois de dois anos

27 novembro 2011 - 09h26Por ESPN
Depois de dois anos, o Sport está de volta à elite do futebol brasileiro. No sábado, debaixo de muita chuva no estádio Serra Dourada, em Goiânia, a equipe pernambucana conseguiu uma dramática vitória contra o já rebaixado Vila Nova por 1 a 0, na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol salvador foi marcado por Bruno Mineiro, aos 28 da etapa final.

O resultado garante a quarta colocação da Série B ao Sport, que soma 61 pontos e se junta à Ponte Preta, Náutico e Portuguesa (campeã) na primeira divisão do próximo ano no futebol nacional.

Apesar do resultado final, a partida não foi nada fácil para o time de Recife. Até o gol histórico de Bruno Mineiro, o Sport estava ficando de fora da primeira divisão do ano que vem pois, mesmo com as derrotas parciais de Bragantino e Vitória, o Boa Esporte estava vencendo e ficando com a vaga.

Porém, o gol de Bruno Mineiro mudou tudo, e o Sport confirmou o favoritismo contra o Vila Nova. O Boa Esporte vencia o já rebaixado Duque de Caxias por 2 a 0, chegou a ficar por uns instantes na Série A, mas vacilou e ficou no empate por 2 a 2, na sétima posição. Já o Vitória, que começou a penúltima rodada da Série B no G-4, venceu o ASA por 2 a 1 e termina sua campanha em quinto lugar com 60 pontos. O Bragantino, que caiu diante do Paraná, ficou em sexto com 58 pontos.



O jogo - Mesmo apoiado por muitos torcedores que deixaram o Nordeste rumo ao Centro-Oeste e enfrentaram chuva forte durante a partida, o Sport não conseguiu se impor diante do desfalcado e já rebaixado Vila Nova. As muitas poças espalhadas pelo gramado e, principalmente, o nervosismo atrapalharam os pernambucanos.

Na tentativa de colocar a equipe ainda mais à frente, o técnico Mazola Júnior fez uma substituição logo aos 17 minutos com a entrada do atacante Bruno Mineiro na vaga de Roberson, mas não teve rápido resultado na busca por se manter no campo de defesa rival e colocar o quanto antes a bola nas redes.

Quem esteve mais perto de abrir o placar acabou sendo o Vila Nova, em carrinho de Leandro Cearense que o goleiro Magrão defendeu com os pés. O perigo parece ter acordado o Leão da Ilha, que logo na sequência assustou em duas cobranças de falta de Marcelinho Paraíba. Os anfitriões, por sua vez, ainda encerraram o primeiro tempo obrigando o goleiro Magrão a fazer nova boa defesa em tentativa de Leandro Cearense.

Na etapa final, Mazola colocou Misael e Junior Viçosa, mas tinha também os impedimentos como problema, prova do nervosismo de seus comandados. O dilúvio que caia também tornava ainda mais complicada missão de colocar o Sport na primeira divisão novamente.

Luis Cetin também atrapalhava, já que aos 20 minutos evitou gol de Marcelinho Paraíba em cobrança de falta. O jovem goleiro, entretanto, acabou virando herói rubro-negro aos 27 minutos. A zaga falhou, deixando Bruno Mineiro sem marcação na pequena área, mas o atacante também errou, cabeceando em cima do arqueiro. A bola molhada, porém, não ficou nas mãos de Cetin, que ainda saltou para agarrá-la, já dentro do gol.

O alívio estava claro nos rostos dos jogadores do Sport. A apreensão dos torcedores que foram ao Serra Dourada se tornou alegria celebrada até com choro. O retorno à Série A era questão de minutos, a festa já ocorria dentro do gramado.


Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID
Relator no STF conclui voto a favor de que governo apresente em 30 dias plano de vacinação
LUTO NA TV
Morre aos 69 anos o jornalista Fernando Vanucci
JUSTIÇA
Concessionária de rodovia tem direito a ser ressarcida de estragos causados por motorista
ECONOMIA
Especialistas alertam sobre saques em cartões de crédito consignados