Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020

Peruano da a vitória e a liderança ao Corinthians

16 novembro 2011 - 23h45Por Terra
O Corinthians deu um passo importante na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Na noite de ontem, o clube do Parque São Jorge derrotou o Ceará pelo placar de 1 a 0, em pleno Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e se segurou na primeira posição da competição, ao fim da 35ª rodada da competição. O herói do encontro e autor do gol solitário foi o meia Cachito Ramírez, que costumeiramente não figurava entre as opções de Tite.

O resultado positivo conquistado no Nordeste faz o Corinthians alcançar os 64 pontos e se isolar na liderança da Série A. O clube comandado por Tite acabou beneficiado pelo empate por 1 a 1 entre o segundo colocado Vasco e o rival Palmeiras. De quebra, por abrir nove pontos em relação ao Botafogo e Flamengo, quinto e sexto classificados, e pela diferença de vitórias, o time paulista praticamente assegurou uma vaga à próxima edição da Copa Libertadores. Caso o Fla seja derrotado pelo Figueirense hoje, a vaga será concretizada ainda nesta 35ª rodada.

Já o Ceará, com a derrota dentro de casa, se complicou na briga para evitar o rebaixamento. O clube comandado por Dimas Filgueiras segue estacionado com 35 pontos, e na 18ª posição na tabela de classificação. A equipe nordestina está três pontos atrás do Cruzeiro, que empatou sem gols com o Avaí nesta quarta-feira e se manteve como a primeira equipa fora da degola.

Depois do compromisso no Nordeste, o Corinthians volta a atuar em casa. O time comandado por Tite receberá, no próximo domingo, às 17h (de Brasília), o Atlético-MG, no Estádio do Pacaembu. Por outro lado, o Ceará entra em campo no sábado, às 19h, contra o Grêmio, no Olímpico, em Porto Alegre.

O jogo

O Corinthians sentiu o desfalque de Paulinho desde o início da partida. Sem a presença do meio-campista, um dos principais responsáveis pela versatilidade e verticalidade no setor ofensivo da equipe, o time paulista viu o Ceará controlar a parte central do gramado e dominar a posse de bola durante os primeiros 45 minutos. Lento, o clube paulista sofreu com a velocidade do adversário nordestino, especialmente do atacante Osvaldo.

Logo aos 6min, o Ceará criou a primeira oportunidade de gol. Depois de jogada pela esquerda, a bola chegou na medida para João Marcos tocar de cabeça no contrapé de Júlio César. O goleiro corintiano, entretanto, conseguiu se recuperar e fazer uma defesa complicada, evitando o tento dos donos da casa.

O camisa 1 do Corinthians, aliás, se tornou o protagonista da primeira etapa. Enquanto o setor ofensivo da equipe comandada por Tite pecava por conta da pouca velocidade e criatividade, a defesa dependia de Júlio César para evitar a derrota. Aos 16min, depois de escanteio cobrado, Osvaldo bateu para o gol e exigiu uma ótima intervenção do goleiro corintiano.

Os encontros entre os atacantes do Ceará e Júlio César se tornaram constantes durante os 45 primeiros minutos de partida. Aos 20min, depois de erro de posicionamento da zaga, Felipe Azevedo arrancou com liberdade, invadiu a área e errou um gol feito. Cara a cara com o goleiro rival, o jogador da equipe da casa chutou por cima do gol.

O Ceará, necessitado pelo resultado para seguir na briga para evitar o rebaixamento, manteve-se melhor que o postulante ao título e quase abriu o placar aos 31min. Felipe Azevedo fez ótima jogada e cruzou na medida para Osvaldo. Para azar do veloz atacante dos donos da casa, Alessandro se antecipou e evitou que o Corinthians terminasse a primeira etapa derrotado.

Sem setor de meio-campo e sofrendo com a velocidade do Ceará, o Corinthians voltou modificado para o segundo tempo. Tite retirou o apagado Liedson de campo e colocou Morais para melhorar a criatividade. Com o meio-campista, o time paulista subiu de rendimento e conseguiu segurar a posse de bola, evitando uma pressão por parte dos mandantes no Presidente Vargas.

Sem receber a mesma pressão da primeira etapa, o Corinthians, enfim, conseguiu assustar a defesa rival. Aos 23min, Morais pegou rebote de um escanteio, cortou para a perna direita e bateu firme. Fernando Henrique conseguiu espalmar e salvar o Ceará de sofrer o primeiro.

A boa jogada do meio-campista animou o Corinthians, que criou a melhor oportunidade de gol logo em seguida. Fábio Santos recebeu ótimo passe, invadiu a área e tocou com categoria. Entretanto, para azar do corintiano, Fernando Henrique conseguiu uma belíssima defesa e impediu os paulistas de comemorarem.

O cresccimento corintiano aumentou ainda mais depois de que Tite promoveu mais uma mudança: a entrada de Cachito Ramírez na vaga do também apagado Danilo. E a substituição deu resultado muito rapidamente. Aos 35min, o peruano recebeu ótimo lançamento de Ralf, arrancou pela ponta esquerda, e finalizou com precisão para assegurar três pontos importantíssimos para o clube do Parque São Jorge.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Pessoas que contraíram covid-19 podem doar sangue após 30 dias
POLÍCIA
Três pessoas são presas na Capital em posse de camionete furtada em Camapuã
ECONOMIA
Caixa planeja abrir banco digital em seis meses
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Bonito autua arrendatário de fazenda em R$ 124 mil