Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021

Peruano da a vitória e a liderança ao Corinthians

16 novembro 2011 - 23h45Por Terra
O Corinthians deu um passo importante na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Na noite de ontem, o clube do Parque São Jorge derrotou o Ceará pelo placar de 1 a 0, em pleno Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e se segurou na primeira posição da competição, ao fim da 35ª rodada da competição. O herói do encontro e autor do gol solitário foi o meia Cachito Ramírez, que costumeiramente não figurava entre as opções de Tite.

O resultado positivo conquistado no Nordeste faz o Corinthians alcançar os 64 pontos e se isolar na liderança da Série A. O clube comandado por Tite acabou beneficiado pelo empate por 1 a 1 entre o segundo colocado Vasco e o rival Palmeiras. De quebra, por abrir nove pontos em relação ao Botafogo e Flamengo, quinto e sexto classificados, e pela diferença de vitórias, o time paulista praticamente assegurou uma vaga à próxima edição da Copa Libertadores. Caso o Fla seja derrotado pelo Figueirense hoje, a vaga será concretizada ainda nesta 35ª rodada.

Já o Ceará, com a derrota dentro de casa, se complicou na briga para evitar o rebaixamento. O clube comandado por Dimas Filgueiras segue estacionado com 35 pontos, e na 18ª posição na tabela de classificação. A equipe nordestina está três pontos atrás do Cruzeiro, que empatou sem gols com o Avaí nesta quarta-feira e se manteve como a primeira equipa fora da degola.

Depois do compromisso no Nordeste, o Corinthians volta a atuar em casa. O time comandado por Tite receberá, no próximo domingo, às 17h (de Brasília), o Atlético-MG, no Estádio do Pacaembu. Por outro lado, o Ceará entra em campo no sábado, às 19h, contra o Grêmio, no Olímpico, em Porto Alegre.

O jogo

O Corinthians sentiu o desfalque de Paulinho desde o início da partida. Sem a presença do meio-campista, um dos principais responsáveis pela versatilidade e verticalidade no setor ofensivo da equipe, o time paulista viu o Ceará controlar a parte central do gramado e dominar a posse de bola durante os primeiros 45 minutos. Lento, o clube paulista sofreu com a velocidade do adversário nordestino, especialmente do atacante Osvaldo.

Logo aos 6min, o Ceará criou a primeira oportunidade de gol. Depois de jogada pela esquerda, a bola chegou na medida para João Marcos tocar de cabeça no contrapé de Júlio César. O goleiro corintiano, entretanto, conseguiu se recuperar e fazer uma defesa complicada, evitando o tento dos donos da casa.

O camisa 1 do Corinthians, aliás, se tornou o protagonista da primeira etapa. Enquanto o setor ofensivo da equipe comandada por Tite pecava por conta da pouca velocidade e criatividade, a defesa dependia de Júlio César para evitar a derrota. Aos 16min, depois de escanteio cobrado, Osvaldo bateu para o gol e exigiu uma ótima intervenção do goleiro corintiano.

Os encontros entre os atacantes do Ceará e Júlio César se tornaram constantes durante os 45 primeiros minutos de partida. Aos 20min, depois de erro de posicionamento da zaga, Felipe Azevedo arrancou com liberdade, invadiu a área e errou um gol feito. Cara a cara com o goleiro rival, o jogador da equipe da casa chutou por cima do gol.

O Ceará, necessitado pelo resultado para seguir na briga para evitar o rebaixamento, manteve-se melhor que o postulante ao título e quase abriu o placar aos 31min. Felipe Azevedo fez ótima jogada e cruzou na medida para Osvaldo. Para azar do veloz atacante dos donos da casa, Alessandro se antecipou e evitou que o Corinthians terminasse a primeira etapa derrotado.

Sem setor de meio-campo e sofrendo com a velocidade do Ceará, o Corinthians voltou modificado para o segundo tempo. Tite retirou o apagado Liedson de campo e colocou Morais para melhorar a criatividade. Com o meio-campista, o time paulista subiu de rendimento e conseguiu segurar a posse de bola, evitando uma pressão por parte dos mandantes no Presidente Vargas.

Sem receber a mesma pressão da primeira etapa, o Corinthians, enfim, conseguiu assustar a defesa rival. Aos 23min, Morais pegou rebote de um escanteio, cortou para a perna direita e bateu firme. Fernando Henrique conseguiu espalmar e salvar o Ceará de sofrer o primeiro.

A boa jogada do meio-campista animou o Corinthians, que criou a melhor oportunidade de gol logo em seguida. Fábio Santos recebeu ótimo passe, invadiu a área e tocou com categoria. Entretanto, para azar do corintiano, Fernando Henrique conseguiu uma belíssima defesa e impediu os paulistas de comemorarem.

O cresccimento corintiano aumentou ainda mais depois de que Tite promoveu mais uma mudança: a entrada de Cachito Ramírez na vaga do também apagado Danilo. E a substituição deu resultado muito rapidamente. Aos 35min, o peruano recebeu ótimo lançamento de Ralf, arrancou pela ponta esquerda, e finalizou com precisão para assegurar três pontos importantíssimos para o clube do Parque São Jorge.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
PM da Força Tática e do Getam recuperam veículo furtado e apreendem mais de 200 quilos de maconha
ECONOMIA
Sebrae promove evento virtual sobre empreendedorismo feminino
Debate trata ainda da digitalização de micro e pequenos negócios
REGIÃO
Discussão durante bebedeira termina com homem morto a facada
CRIME AMBIENTAL
PMA autua nove pescadores por crime de pescar em local proibido e apreende petrechos de pesca