Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020

Plano para recapitalizar bancos da UE poderá ser de até € 108 bi

23 outubro 2011 - 20h00Por Estadão
Os governos europeus deverão fechar um acordo para reservar entre € 107 bilhões e € 108 bilhões para impulsionar as reservas de capital dos bancos enfraquecidos por sua exposição à dividas soberanas, afirmaram três fontes com conhecimento das discussões.

Os ministros das Finanças da União Europeia discutiram o plano de recapitalização durante 10 horas de sessão no sábado e o ministro das Finanças da Suécia, Anders Borg, afirmou que eles haviam concordado sobre as bases da proposta.

Segundo uma das fontes, o plano era de € 107 bilhões, enquanto outras duas pessoas afirmaram que o valor seria de € 108 bilhões. A ideia é usar o dinheiro para aumentar as reservas de capital nível 1, ou de alta qualidade, para até 9%.

Várias autoridades da UE afirmaram que há alguma resistência para o alto nível de capital, mas, a ministra das Finanças da Espanha, Elena Salgado, disse na tarde de ontem que 9% era uma 'meta razoável'.

O plano é parte de uma estratégia mais ampla para resolver a crise da dívida da região.

Duas fontes afirmaram que não haverá nenhum acordo final sobre o nível de capital e o tamanho da recapitalização até que o pacote completo para a crise fosse negociado. O prazo final para a conclusão do pacote é uma cúpula da União Europeia, prevista para a próxima quarta-feira.

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, afirmou na semana passada que uma resposta mais ampla à crise da dívida incluiria um aumento temporário do nível de capital dos bancos para dar suporte a eles.

O quase colapso do banco franco-belga Dexia no início deste mês aumentou a urgência para que as reservas de capital dos bancos contra choques financeiros sejam elevadas. O Dexia tinha passado facilmente na última rodada dos testes estresse dos bancos europeus.

Para passar nos testes, conduzidos em julho, os maiores bancos da região precisavam apresentar um nível de capital Tier 1 de 6%. Essa taxa deveria ser aumentada para 8% de acordo com as regras da Basileia 3.

Novas reuniões

Os ministros da União Europeia e os da zona do eurodeverão realizar novas reuniões na próxima terça-feira com a finalidade de tentar superar as diferenças sobre um haircut da dívida da Grécia e a Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF), afirmou uma fonte governamental da zona do euro.

'Nós ainda estamos distantes da EFSF. As reuniões dos ministros das Finanças até agora não fizeram progressos suficientes e por isso, provavelmente, vai ter outra reunião do Ecofin na terça-feira e talvez uma do Eurogrupo antes da cúpula dos líderes da UE na quarta-feira', declarou a fonte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEZEMBRO VERDE
Alerta para aumento do abandono de animais durante pandemia
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste resgata anta de tanque de piscicultura em sítio
LEGISLATIVO
ALEMS recebe projeto que altera Lei Orgânica do Ministério Público de MS
SAÚDE
Disk-Covid registra aumento de 67% nas ligações em novembro