Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020

PM apreende espingarda e cabeça de cervo em fazenda de Eldorado

24 agosto 2011 - 10h34Por A Gazeta News
Após uma denúncia sobre suposta caça predatória, a Polícia Militar de Eldorado se deslocou na terça-feira (23) até uma fazenda do município e apreendeu uma espingarda e duas cabeças de veado da espécie “cervo”.

Segundo a PM, a denúncia, que chegou até a Delegacia de Polícia Civil em Eldorado, apontava que na fazenda eram praticadas caçadas predatórias de animais silvestres e que cabeças dos animais abatidos eram usadas como enfeite.

Ao chegarem à propriedade rural os PMs se deparam com o caseiro e sua filha, que negaram a existência de caçadores na fazenda.

Segundo os moradores existia de fato uma arma de fogo, uma espingarda calibre 36mm, que era de propriedade da fazenda e usada para a segurança na propriedade rural.

Em relação às cabeças de animais silvestres, os caseiros relataram que de fato havia duas cabeças de cervos na área de lazer da sede da propriedade, mas que tais cabeças estavam naquela localidade há vários anos e eles não sabiam explicar a origem.

Diante de toda a situação, a espingarda e as cabeças de animais foram apreendidas e o caseiro também foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Eldorado para serem tomadas às providências cabíveis.

De acordo com a Polícia Civil na Delegacia o caseiro foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma, já que a espingarda estava em sua residência e foi liberado para responder em liberdade mediante o pagamento de fiança no valor de um salário mínino.

Já em relação às cabeças de veado, por se tratar de peças muito antigas, não foi possível adotar nenhuma medida criminal ou administrativa, de acordo com a PC.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Transporte em tempos de coronavírus é tema do Caminhos da Reportagem
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
GERAL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por covid-19
POLÍTICA
Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano